Após 5 anos preso sob acusação de “pregar o Evangelho”, pastor iraniano é libertado

Por Mariana Melo*

Após 5 anos preso sob acusação de "pregar o Evangelho", pastor iraniano é libertado

(Foto: Portas Abertas)

O líder do movimento das igrejas domésticas do Irã, Rasoul Abdollahi, preso no dia 26 de dezembro de 2010 sob acusação de “conspirar contra o governo do país” e “pregar o Evangelho”, teve sua liberdade decretada no mês passado, informou a Missão Portas Abertas. Porém, Abdollahi foi submetido a condições restritas que o impedem de participar de qualquer atividade cristã em território islâmico. Caso viole as imposições, ele poderá voltar para o cumprimento da sentença original.

Rasoul Abdollahi foi preso durante uma repressão generalizada referente às atividades das igrejas do Irã. Ele e o reverendo Farshid Fathi foram detidos e enviados para a penitenciária de Evi, em Teerã. Aos 35 anos, casado e pai de dois filhos, Fathi também trabalhava como pastor. Condenado a seis anos de detenção, o reverendo recebeu, em dezembro do ano passado, um adicional de um ano de prisão.

 

____

*Estagiária sob supervisão.

 


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.