Blog Super

Sobre quando não Te encontro

Sobre quando não Te encontroSenti falta dos seus sons e de você por perto quando precisei e quando não precisei também. Os trancos em qualquer barranco onde às vezes tropeço e caio são muito mais violentos quando você não está. E há uma profunda necessidade da minha alma de te ouvir dentro ou fora de mim e não importa se é voz ouvida, lida, sentida, não importa. O que faz toda a diferença é saber que você me enxerga, apesar. Que há alguma inclinação no seu coração que, por mais que eu não entenda, te faz pender o tronco em minha direção e observar o que se passa por aqui(e tem passado muita coisa por aqui). Claro, eu não tenho motivos pra duvidar – só motivos para crer. Mas o silêncio é desesperador e hoje eu reclamei do silêncio do céu. Senti por não ouvir, por não saber, por não entender. Senti por não sentir. A ausência da sua voz me desespera, saiba. Hoje eu senti a mais aguda falta de um barulho vindo da sua casa. E acho que a falta foi tão grande que você ouviu, se comoveu, sentiu também.

E fez chover.

“Quando ele faz soar a sua voz,
logo há tumulto de águas nos céus,
e ele faz subir das extremidades da terra os vapores;
faz os relâmpagos para a chuva,
e dos seus tesouros faz sair o vento”.

Jeremias 10.13

_____
_____

Indhiara SouzaIndhiara Souza é estudante de Jornalismo e estagiária na REDE SUPER
indhiara.souza@redesuper.com.br
@indh

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.