Blog Super

Ser nobre é ser simples

— Por Leilane Stauffer

As pessoas correm. Existe um ar de desespero espalhado por todos os lados. Há muitos ruídos; todos estão preocupados demais em falar e se esquecem de um simbolismo simples, básico, elementar: o ser humano tem dois ouvidos e só uma boca. Há muita intolerância e as atitudes estão carregadas de individualismo. E, no meio dessa loucura, a dúvida óbvia e previsível sempre chega: Para onde ir com tudo isso? Qual o sentido de tanta pressa?

Ufa… que canseira! Tudo poderia ser mais simples. Pra quê complicar tanto? As pessoas se deparam buscando tantos sentidos, esses que saem por aí para brincar de esconde-esconde, esperando que alguém os encontre, tenha aquela sensação eufórica e exclame: “achei!”. Mas, com esse processo que a princípio parece ser tão involuntário e natural, as pessoas acabam se adestrando para enxergar só o lado “complicado da vida”. Encontrar verdadeiros sentidos passa a ser difícil diante de tantas opções que o mundo oferece. A partir daí tudo se transforma em complexidade.

Mas… calma! Ainda existe solução. Não precisa ir muito longe para perceber que é possível descomplicar as coisas e sentir que a verdadeira nobreza do homem está na simplicidade, na simplicidade de desenvolver um olhar sutil, sensível, valioso.

Simplicidade, sombra

Pare. Olhe com calma e com mais atenção o que está ao seu redor.

Chega de brigar com o relógio, de correr contra o tempo.

Sinta a brisa tocar seu rosto e enxergue o reflexo do sol sobre as folhinhas verdes.

Observe as mais repetidas ações e situações como se fosse a primeira vez, livre de rótulos, preconceitos e manchas. Permita-se aprender novas lições todos os dias.

Aprecie a risada aberta, o sorriso tímido e até mesmo a lágrima, escondida ou escancarada, no rosto das pessoas. Aprenda a olhar mais para o próximo.

Reclame menos e agradeça mais. Fale menos e ouça mais.

Olhe para o céu cheio de nuvens branquinhas e descubra os infinitos desenhos surreais e bichinhos divertidos que os gingantes algodões brancos podem formar.

Perceba. Desvende. Viva.

Cada minuto é mais uma chance que Deus nos dá para contemplar o que temos ao nosso redor.

Acredite! É possível enxergar Jesus, enxergar as criações divinas nisso tudo. Não é difícil e esse é o melhor sentido da vida.

_____
_____

Jornalista Leilane Tolentino StaufferLeilane Stauffer é estudante de Jornalismo e estagiária na REDE SUPER
leilane.stauffer@redesuper.com.br
@leilanets

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.