Quem merece o sacrifício de Cristo?

Cecília Bohrer*

Quem merece o sacrifício de Cristo?

Inúmeras vezes ouvi que Deus me daria mais do que eu mereço. Ouvi isso na igreja, na minha casa e li em devocionais. Me fazia bem ler e ouvir isso. Era bom saber que Deus sempre me daria mais do que eu merecia, me daria coisas boas, mesmo diante dos meus pecados. O que eu demorei para perceber era que Deus já havia feito isso, Ele já havia me dado mais que eu merecia. Quando? Há mais de dois mil anos, quando Cristo morreu numa cruz, por mim.

Eu sempre tive consciência que nunca mereci tamanho ato de amor. Mas será que havia alguém que merecia? Será que há alguém que merece? Não, ninguém merece o sacrifício de Cristo. Nem a melhor pessoa do mundo, nem a mais inteligente, nem a mais bondosa, nem a mais gentil e nem a mais educada. Ninguém, ninguém merece o sacrifício de Cristo. Quando eu digo ninguém, quero dizer ninguém mesmo, nem os grandes homens da Bíblia. Ninguém.

Foi um choque saber que não merecia tamanha graça. E este choque me fez bem, porque me fez acordar. Eu entendi que Jesus deu Sua vida por mim, e o que Ele me pediu? Ele pediu apenas minha vida. Apenas a minha vida. Eu que nunca mereci, nem vou merecer. Ele só pediu a minha vida, diante da vida do Grande Salvador.

Comecei a pensar no que eu pedia a Deus. Foi quando refleti sobre o que eu fazia, sobre o quanto eu usava esta promessa de Deus para barganhar bençãos, pois Deus “me daria mais do que eu mereço”. Não estou dizendo que não devemos pedir. Pelo contrário, acho que devemos mesmo fazer isso. Mas devemos fazê-lo com mais gratidão, mais compreensão, afinal, quantas vezes não ficamos tristes e frustrados, quando Deus não nos dá exatamente o que pedimos? Mesmo que saibamos que Ele sempre nos dá o melhor. Ficamos ansiosos com “quando” vai acontecer, mesmo sabendo que o tempo de Deus é diferente do nosso.

A questão mais profunda aqui, é que não devemos orar como se Deus tivesse a obrigação de atender nossos pedidos quando e como queremos. Deus não é nosso filho, nós que somos filhos Dele. Devemos orar com o coração cheio de fé e cientes que Deus é um Pai tão excepcional, o Grande Eu Sou, que nos ouve e realiza verdadeiros milagres. E o mais belo milagre é o da salvação. O milagre do sacrifício de Cristo por nós, os pecadores.

Foi neste momento que entendi que dar minha vida era algo pequeno, mas suficiente. Na verdade, mais do que suficiente: era o que alegrava a Jesus. Foi quando finalmente decidi ter uma vida melhor, e por “melhor”, entendam uma vida mais pura e dedicada a Deus. Comecei a me preocupar com minha alma, e como ela estava, como poderia limpá-la, como poderia crescer e ser alguém melhor. Foi quando eu nasci de novo. E você, já nasceu de novo?

___________________________

cecilia_bohrerCecília Bohrer é estudante de Jornalismo, estagiária na REDE SUPER.
cecilia.bohrer@redesuper.com.br
Twitter: @ceciliabohrer


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.