O morador de rua, a escada enorme e a mesa de ouro

Por Michelle Ferraz

 

Era terça-feira, 24 de setembro de 2013, 20h [por aí]. Um morador de rua me parou na rua, assim que deixei a terapia, e me pediu alguma coisa pra comer. Fomos à padaria e compramos um montão de coisa gostosa. Depois, fomos bater um papo que durou quase uma hora. Ele me contou uma história fascinante. Foi ourives e já desenhou peças que foram usadas até por membros da realeza britânica. Paulo o nome dele.

 

morador de rua- Por que ‘tá na rua?

- Sofri uma intoxicação no trabalho que me fez virar a pessoa doente que sou hoje. Já fui um ourives excelente. Desenhava peças fabulosas. Não tenho mais condições de trabalhar e vivo na rua. Meus filhos moram em São Paulo e perdemos contato. Estou lutando para receber o que é meu por direito. Uma indenização que vai mudar completamente minha situação.

- Nossa… E ‘tá há quanto tempo na rua?

- Há um ano. Vivo com a ajuda das pessoas e conto com a generosidade de um advogado de coração muito bom que está me ajudando com o processo. Não sou uma pessoa ruim, sabe?

- Claro que não! Você é um homem bom e abençoado.

- Sim, sou muito abençoado! E sabe por quê? Porque eu busco em primeiro lugar o reino de Deus. As outras coisas Ele acrescenta.

- Acrescenta, né? [eu, sinceramente, não estava acreditando no que ouvia]

- Pode ter certeza! Pra você ter ideia, já sofri três infartos. Na última vez, enquanto eu estava desacordado, um homem vestido de branco pegou minha mão e me mostrou uma escada enorme. Ele apontou para a escada e disse que aquele era meu caminho. Subi e, quando cheguei lá em cima, havia uma mesa de ouro. O homem de branco disse que aquilo estava sendo preparado pra mim.

- Nossa, Paulo, que coisa linda…

- Pois é, Michelle, ma belle… [nessa hora eu ri, claro... rs!] Meus olhos estão nEle. Sinto que, todos os dias, Ele me permite subir mais um degrau na escada rumo ao destino que Ele preparou pra mim: a mesa de ouro. E desejo que você caminhe pela mesma escada.

- Amém, Paulo. [um "amém" com pouca convicção e um tanto desconfiado]

- Sim, Michelle. Pode ter certeza: nada, nunca, vai faltar pra você. Sua mesa será sempre farta. Eu acredito. Porque, assim como Ele cuida de mim, Ele também cuida de você. Seja sempre grata. Pelo frio, pelo calor, pelo sol, pela lua. E, quando quiser falar com Ele, é só levantar a cabeça um pouquinho, porque a casa dEle ‘tá bem aqui em cima. [nessa hora, ele apontou pro céu e abriu o sorrisão de um dente só]

 

Segurei as mãos dele e agradeci muito por aquele momentinho que tivemos. E, na despedida, ele ainda me disse:

- Nunca mais vou te esquecer, porque estamos unidos pelo mesmo amor. E, também, por causa da música dos Beatles. [rs!]

 

Apenas um resumo da nossa conversa, que foi muito mais longa e mais profunda que isso. E o que mais me impressionou foi ver o quanto ele é grato e contente pelo cuidado de Deus, apesar de, aparentemente, ter motivos o suficiente pra nem acreditar que exista algum deus. Tão grato, que desejou que eu caminhe por aquela mesma “escada” que o “homem de branco” mostrou a ele. Dá pra imaginar?

Eu poderia pensar: “Eu, hein! Vê lá se eu quero passar por essa tal escada? Pra terminar como ele? O cara nem casa tem! Nem comida tem! E diz que Deus vai cuidar de mim como cuida dele?”. Mas entendi que o que aquele morador de rua me desejou vai além do que é visível, além do que nossos sentidos podem alcançar. Na verdade, ele me desejou um destino. Desejou que eu chegue à mesa de ouro. Me incentivou a confiar em Deus e a buscar as coisas que são do Reino dos Céus, porque o que a gente vive aqui é passageiro, acaba.

Ah… Que lição fantástica! Que vida preciosa a do Paulo! E o mais bonito: que cuidado lindo do Papai do Céu! Só alguém que conhece profundamente minhas angústias, como Ele, poderia preparar um encontro como esse numa noite como aquela, que tinha tudo pra ser triste.

_____
_____

michelleferrazMichelle Ferraz é jornalista, editora de web da Rede Super
michelle.ferraz@redesuper.com.br
@michelleferraz_


13 Comentários

  1. Aristela

    Incrivel Michelle Ferraz!!!! a história que você compartilhou me alegrou e me faz de certa forma também me envergonhar de mim mesma quando não sou grata a Deus por tudo que Ele faz e fez por mim! Deus abençoe abundantemente a vida do Paulo e a sua também!

  2. LUIZ CARLOS DE MELO

    EMOCIONANTE ESTA HISTORIA VERIDICA. SEM PALAVRAS, PORQUE A EMOÇAO TOMOU CONTA. GRANDE MICHELLE.

  3. Karinhe

    Maravilhoso! Deus sempre me mostra, ao andar pelas ruas, que pessoas com problemas bem maiores do que os meus estão cofiando nele mais do que eu.
    Devemos agradecer ao Senhor por nos ensinar a cada dia que a luta nunca é gigante comparada com o tamanho do nosso Deus, com o que Ele tem adiante, a mais, no topo, no fim, que será somente o começo.
    Glórias a Deus!

  4. Lenira

    Q lição de vida!!!Q pessoa abençoada!!!

  5. Ana Luiza

    Que lindo!! Chorei ao ler o seu texto… Deus te abençoe!

  6. marisa- Piracicaba- SP

    Precisamos ser mais gratos ao nosso Deus pelas bençãos que nos dá a cada manhã.

  7. VANESSA NATÁLIA

    MUITO BOA A SUA HISTÓRIA, QUE O NOSSO QUERIDO PAPAI DO CÉU CONTINUE ABENÇOANDO A VIA DE “PAULO”, PELO ENSINAMENTO DE HUMILDADAE QUE ELE TEM PASSADO PARA TODAS PESSOAS QUE FAZEM PARTE DA VIDA DELE, E DA SUA VIDA TAMBÉM “MICHELE” POR COMPARTILHAR ESSA HISTORIA DE VIDA, EXEMPLO DE PESSOA QUE EXISTE NESTE MUNDO!
    TENHAM UMA BOA TARDE!
    ABRAÇOS!

  8. cristiana gil

    BOA TARDE!As vezes DEUS fala conosco,quando não esperamos,que bom que vc entendeu o que Deus queria falar com vc atraves daquele homem.DEUS TE ABENÇÕE sempre.

  9. Mateus Matos

    Que historia fantástica . ;)

  10. solange benevenuto

    DEUS Nosso PAi e Perfeito..

  11. Alencar Oliveira

    Em 1cor.4 v 9 O apostolo Paulo nos da uma lição como este do morador de rua.A respeito do que passamos nesta vida,mais a alegria na vida de um crente não deve ser em conquistar,e sim na gloria do por vim.O apostolo Paulo dissdisse no v 11 Até a presente hora,sofremos fome e sede e nudez; e somos esbofeteado,e não temos morada certa.Que eamor e esse amem ALELUIA.

  12. Juliana

    MUITO LINDA ESSA HISTÓRIA. PARECE ATÉ UM DAQUELES CONTOS QUE SE CONTA. PARABÉNS! POIS ISSO SÓ ACONTECEU, PORQUE VOCÊ SOUBE DIZER SIM A ALGUÉM QUE PRECISAVA.

  13. marli mendes

    Maravilhosa a sua experiência. Algo semelhante aconteceu comigo um dia. Estávamos meu filho e eu em um ponto de ônibus, no centro da capital quando se aproximou um mendigo e pediu ajuda, ele olhou em nossa volta e viu algumas pessoas que comiam pipoca e derramavam algumas pelo chão e outras que jogavam papeis pelo chão e disse: Se vocês não sabem cuidar desta rua simples, pedra e feita por mãos de homens, como se acham merecedores de caminharem pelas ruas de ouro que o Senhor tem preparado para os que creem. Neste momento meu filho que estava com um papel de bala em sua mão, o enfiou no bolso da calça e disse para mim, que Deus era realmente tremendo a ponto de usar um morador de rua para nos ensinar algo assim. Deus nos aparece de diferentes formas, para nos moldar e disciplinar.

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.