Céu

Por Ruthiely Saldanha

Céu

As luzes daquela constelação prenderam a minha atenção até o momento em que as luzes de alerta do ônibus piscaram mais fortes e conseguiram me entreter. O céu é tão imenso e, mesmo assim, consigo me distrair. As noites nas estradas são divinas e sei que as luzes que piscam no céu são bem mais atraentes que qualquer luz vinda de uma grande cidade ou da saída de emergência do ônibus. Notá-las só fica difícil se o foco estiver nas distrações luminosas daqui de baixo. E, quando não pego no sono, a escuridão da estrada e o silêncio da noite facilita percebê-las.

Depois de algum esforço pra não perder as estrelas de vista, comecei a pensar naquele sonho que tive, quando andava mais distraída, em que podia escutar os sons que elas emitem. O mais assustador e impressionante foi descobrir que o som que elas emitiam no sonho era o mesmo dos estudos científicos a que assisti, por acaso, dias depois. Durante o dia, os desenhos que as nuvens formam me fazem usar a imaginação e tentar descobrir o porquê decidiu usar esses traços e não aqueles outros. Teimo em entender o que o céu quer dizer quando está nublado e ainda não consigo achar beleza no tom cinza e na tristeza repentina que ele me faz sentir. Só sei que existe significado nele, porque quem o criou e decidiu que ele amanhecesse assim faz tudo com propósito. Nem mesmo o céu decide qual cor ou forma que as nuvens terão pela manhã. Ele é uma simples tela na mão do Criador.

Na viagem dos meus pensamentos e com os olhos fixos naquela constelação, indaguei sobre Aquele que não se cansa … Como consegue insistir tanto? E tenta, diariamente, convencer que enxerga um ponto de luz, uma faísca de esperança, que eu já desisti de procurar, aqui neste coração? Queria ver e acreditar nessa claridade que Você pode acender aqui dentro, como consigo suspirar e me surpreender com um rápido olhar para a luminosidade do céu. Queria ser encantada com a promessa de vida plena que há em Você, assim como me encanta a luz do entardecer nas formas da cidade, luz que me faz sair de onde estiver pra tirar uma foto ou simplesmente apreciar. Enquanto nada e muito disso, ao mesmo tempo, faz sentido e a luz das estrelas me distraem, vou continuar observando sua criação minuciosa. Vou tentar relembrar que Você sabe meu nome como o de cada uma dessas estrelas que admiro, da forma como fui entretecida ainda no ventre e que, além disso tudo, que já é grandioso demais, a minha vida foi planejada e tenho de ser cuidadosa para não distorcer esses planos, se é que é possível. Assim como as estrelas cantam, há uma melodia que ainda preciso aprender, muitas notas pra cantar perfeitamente para o Criador.

 

(A distração é tão grande que só hoje descobri que, se eu deitar do lado contrário da cabeceira da cama, consigo ver da minha janela uma porção de estrelas. E, de presente pela descoberta, vi uma estrela cadente passando entre elas como um sinal de que Ele ainda lê as entrelinhas de tudo que escrevo, penso e falo).

_____
_____

Ruthiely Saldanha é jornalista, produtora dos programas Amplificador e Fé na Rede Super
ruth.saldanha@redesuper.com.br
@ruthielys


1 Comentário

  1. Luciana Rocha

    Mto lindo!! Foi um Rhema de Deus p mim! Se faço dessas as minhas palavras, “qdo dois ou mais estão em seu nome, ali Ele está”, algo Ele está querendo dizer ao nosso coração e sustentar em fé a chegada ao q Ele planejou. Amem!

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.