2012: sem medo e com intensidade

Por Michelle Ferraz

IntensidadeFinal de ano é aquele tempo em que as pessoas fazem um balanço de tudo o que fizeram ou deixaram de fazer nos últimos 12 meses de suas vidas.

Há quem se sinta extremamente satisfeito. Foi um ano de muitas realizações, das maiores conquistas da vida e de um bocado generoso de alegrias.

No entanto, há quem se sinta extremamente frustrado. Dos projetos todos rabiscados no papel, nem metade foi a fato. Talvez tenha sido o ano das perdas mais dolorosas, de coisas e pessoas que se foram por um instante ou pra sempre.

Para alguns, é tempo de reflexão. Sobre o que foi dito e o que deveria ter sido dito. Sobre o que se fez e o que poderia ter sido feito. Sobre quem se foi e quem se quer ser.

Há quem, com uma pitada de fé, encare a virada como o ponto de partida para grandes revoluções, externas e internas. Esses acreditam que a carga pesada ficará com os dias passados e que novos e bons ares chegarão com o ano-novo.

Seja como for, entre ganhos e perdas, penso que qualquer coisa acontece em razão das respostas que escolhemos dar (leia-se “posicionamento”). E talvez seja nesse ponto que estejam os nossos maiores desacertos. Dissemos não quando deveríamos ter dito sim. Calamos em tempo de dizer. Escondemos em tempo de escancarar.

Com tantas respostas erradas, muitas delas fruto do medo, deixamos escapar infinitas possibilidades: de oferecer e receber, de amar e ser amado. E, assim, perdemos a amizade mais bela, o amor mais verdadeiro e tantas outras pequenas e grandes felicidades.

Dentro em pouco, daremos as boas-vindas a mais um ano. E o meu desejo é que, nos próximos 366 dias (sim, teremos um ano bissexto), nossas respostas nos permitam usufruir daquilo que cada dia traz de melhor. Que tenhamos coragem para dizer o quanto amamos, o quanto estamos apaixonados. Coragem para arriscar, para nos entregar. Que tenhamos coragem para chorar e gargalhar… E coragem para “ser”.

Tudo, claro, com muita vontade.

Sim! Que em 2012 as intensidades prevaleçam!

_____
_____

Jornalista Michelle FerrazMichelle Ferraz é jornalista e editora de web na REDE SUPER
@michelleferraz_


3 Comentários

  1. Nazaré Rodrigues.

    Estava vasculhando algo para ver ou ouvir e me deparei com esse bonito texto. Muito bom nas primeiras horas do ano, lê algo que nos eleva a auto-estima.
    Valeu.

    Feliz 2012.

  2. parabens pelo artigo e pelo site

  3. Preciso ser diferente este ano,preciso fazer novas escolhas dificeis mas certas.

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.