Silicone e redução de mama

Atualmente, a cirurgia mais realizada no Brasil é a de prótese mamária. Segundo dados recentes da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a cirurgia para implantação de silicone nos seios já ultrapassou em número as cirurgias de lipoaspiração nos últimos anos.

Segundo o cirurgião plástico Rodrigo Lacerda, especialista em cirurgia plástica pela Sociedade Brasileira, as cirurgias para colocação de próteses mamárias dobraram nos últimos anos na clínica dele. “Isso se deve aos excelentes resultados obtidos com essa cirurgia, uma vez que as mamas firmes e maiores dão à mulher um aspecto mais jovem, realçando o aspecto feminino”, explica.

As próteses estão cada vez mais modernas e seguras, permitindo uma naturalidade muito próxima à perfeição e, ao mesmo tempo, condizente com um corpo saudável. A advogada Gláucia Félix decidiu experimentar a cirurgia. Desde a adolescência ela não se sentia satisfeita com o tamanho dos seios. “Eu não era feliz com o que eu tinha. Achava que era desproporcional pro meu tamanho”, conta.

Conheça o caso de Gláucia e confira alguns esclarecimentos feitos pelo doutor Rodrigo Lacerda neste vídeo:

Redução de mamas

A redução dos seios pode ser realizada a partir do completo desenvolvimento das mamas. Além do fator estético, a cirurgia é recomendada para pessoas que desenvolvem problemas na coluna devido ao excesso de mama. “Em algumas pacientes, dá dor na coluna. Outras pacientes reclamam que a alça do sutiã está marcando o ombro, por causa do peso”, explica o cirurgião Rodrigo Lacerda.

A cerimonialista Luciana Costa decidiu fazer a cirurgia depois de ter o primeiro filho. “Eu não achava sutiã, não achava blusas. Era muito difícil achar roupas que coubessem em mim”, conta.

Confira:

Telespectador pergunta

O cirurgião plástico Rodrigo Lacerda esclarece algumas dúvidas enviadas pelos telespectadores.

Confira: