Quer economizar nas comemorações de fim de ano? Confira dicas

O Natal é época de confraternização, de reunir a família, de encontrar pessoas que amamos. E junto a isso, também é época de compras, presentes e festas. Com a crise econômica e o desemprego em alta, até as festividades do Natal e do Réveillon podem ser afetadas. Para não deixar de comemorar a data, é preciso planejamento e alternativas econômicas.

Em pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o gasto médio com presentes de Natal deve cair até 5,3% em relação a 2015 nas principais capitais do país.

Uma das coisas que mais caracterizam o Natal é o clima de harmonia e confraternização que ele traz. A decoradora Thaisy Brasil ensina a confeccionar arranjo de flores em vidros recicláveis.

Também caiu o número de pessoas que pretendem dar algum presente nesse final de ano. De acordo com o estudo, 107,6 milhões de brasileiros devem comprar presentes. Em 2015, cerca de 109,3 milhões de pessoas fizeram pelo menos uma compra.

O consultor de finanças pessoais Diogo Gonçalves dá dicas de como não deixar de comemorar e presentear, mas gastando menos.

Confira: