Sempre Feliz

Vídeos

Os perigos do bronzeamento artificial

Segundo estudo realizado pela Universidade da Califórnia de São Francisco, nos Estados Unidos, praticar bronzeamento artificial eleva o risco de desenvolver alguns tipos mais comuns de câncer de pele. A probabilidade é maior quanto mais jovem é a pessoa exposta ao bronzeamento. De acordo com a pesquisa, a prática aumenta em 67% a chance de ter carcinoma espinocelular, um dos tipos mais comuns de câncer de pele.

A dermatologista Marisa Vargas dá dicas de como conseguir um bronzeado perfeito e saudável:

Comentários fechados.