Hepatite pode provocar câncer de fígado; saiba como prevenir

A hepatite é uma doença muito comum. Ela é caracterizada por uma inflamação que afeta o fígado e que destrói as células do órgão. As causas dessa inflamação são variadas, dentre elas estão: vírus tipo A, B, C, D e E, o uso de alguns remédios, o abuso de álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. É uma doença tida como problema mundial de saúde pública, que caso se agrave, pode levar à morte.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que, em todo o planeta, cerca de 400 milhões de pessoas estejam infectadas pelos os vírus B e C da hepatite, o que representa dez vezes mais o número de pessoas infectadas pelo HIV. De acordo com a OMS, apenas uma pessoa em cada 20 infectadas sabem que possuem a hepatite. Apenas uma pessoa em 100 infectadas recebe o devido tratamento.

O gastroenterologista Quelson Coelho explica que a hepatite A não provoca outra doenças, por ser mais leve. Já as hepatites B e C podem provocar a cirrose e o câncer de fígado.

A infectologista Renata Ávila explica que, além das vacinas já disponíveis nas redes públicas, é necessário tomar cuidado com a higiene e evitar compartilhar materiais que possam conter sangue, esterilizar os materiais de procedimentos cirúrgicos e usar preservativos sexuais.

Assista: