“Adoro o que eu faço”, diz mulher maquinista

Ela largou anos em funções administrativas para se tornar uma maquinista. Há seis anos na profissão, Renata Badaró se orgulha do emprego que tem. “Eu adoro o que eu faço”, diz, sorridente.

Assista: