“A maternidade vai muito além da genética, ela é entrega, é amor, é dedicação”, afirma mãe adotiva

Quatro mulheres, quatro histórias: cada uma se tornou mãe de forma diferente. A psicóloga Carla Campos e a analista de sistemas Daniela Malaquias optaram pela adoção. A cabeleireira Flávia Biagini se tornou mãe de referência de uma jovem e a aposentada D. Elza dos Santos se tornou mãe de netas, cuidando e criando-as durante a vida.

Veja também:
• Mãe: papel fundamental na criação dos filhos
• Cuidados e descobertas: dúvidas que mamães de primeira viagem têm

Maternidade, de acordo com as convidadas, não é “só” dar a luz. É cuidar, amar, orientar. “A maternidade vai muito além da genética. A maternidade é entrega, é amor, é dedicação. A genética faz parte, mas não é 100%”, afirma Malaquias.

Assista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *