Como a sociedade pode contribuir no combate ao crack?

  • Nenhum comentário
  • Vídeos
Compart. 0

 

Uma pesquisa de 2012 realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revelou que existem pelo menos 370 mil usuários de crack no Brasil. Um ano antes da divulgação do estudo, o governo federal havia disponibilizado R$ 4 bilhões para um conjunto de ações lançadas pela presidente Dilma Rousseff para o combate ao crack.

O problema está longe de ser resolvido, principalmente pelo fato de esse tipo de dependente químico usar a rua como refúgio, o que torna difícil o acesso a ele. E, diante dessa dificuldade, o desafio é encontrar um caminho para o combate à dependência que leve autoridades e civis ao foco do problema.

Para debater as ações que já têm sido realizadas na tentativa de solucionar o problema e discutir como a sociedade pode ser parceira nessa luta, o RESGATDOS recebeu a advogada Josiane Fonseca, o psicólogo Rodrigo Raslan e o pastor Atilano Muradas.

Assista:

 

Compart. 0