Nunca é Tarde

Vídeos

O gigante acordou. E você, cristão?

Nos últimos dias, uma onda de protestos tem tomado todo o Brasil e despertado a atenção de todo o mundo. Milhares de brasileiros insatisfeitos saem às ruas do país e levantam bandeiras em defesa de diversas causas, dentre as quais a melhoria do transporte público – cujo aumento da tarifa em alguns estados parece ter configurado o estopim para as manifestações –, da segurança pública, dos sistemas de saúde e educação entre outras.

Diante das mobilizações, surge a reflexão sobre o papel da Igreja. Há quem acredite que endossar o coro dos manifestos seja um “pecado”, tendo em vista que os protestos estariam se posicionando contra “autoridades instituídas por Deus”. Por outro lado, há quem pregue a urgente necessidade de a Igreja se posicionar de forma ativa, indo às ruas e empenhando uma luta com base no que acreditam que Jesus faria: não ficaria inerte.

Na sua opinião, que postura a Igreja deveria tomar? Qual seria/é o papel dos cristãos diante dos acontecimentos?

Confira a mensagem do pastor Lucinho Barreto:

 

Artigos Relacionados

18 Comentários

  • 06.21.13
    Eliana Vieira

    Queremos saúde FIFA! Uhull!!!

  • 06.21.13

    Lucinho, é errado eu me ajoelhar e orar no meio da multidão, da passeata do protesto quando todos pararem e se assentarem em forma de protesto? Aguardo sua Resposta. Deus te abençoe e te guarde!

  • 06.22.13
    DAVI SANTOS

    vamos à luta Brasil!!!

  • 06.22.13
    DAVI SANTOS

    LOUCOS POR JUSTIÇA!!

  • 06.22.13
    Fernanda

    Na minha opinião protesto pacifico não é rebeldia, é só uma voz que grita contra as atitudes que só trazem prejuízos ao povo, mas é melhor examinar as escrituras a luz do espirito santo. Jesus estaria nesse protesto pacifico? Vamos conhecer mais a Deus…Não posso afirmar, mas acho que sim. Examinem a bíblia guiados pelo espirito pra achar respostas. Bjs!!

  • 06.22.13
    Pr. Tarcísio Bastos

    Obrigado por colocar em palavras o que penso, glória a Deus por sua vida! obrigado por me abençoar e tbm minha família com seu programa de TV e suas palavras, Também tenho a honra de pastorear jovens para a glória de Deus, e estou com você neste norte para essa moçada.. Deus abençoe…Tamu juntooo rsrsr

  • 06.22.13
    Andressa Lima

    O reino de Deus não vem com aparência exterior. O evangelho da graça de Deus, com seu espírito de abnegação, não se pode nunca harmonizar com o do mundo. Os dois princípios são antagônicos. “O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” I Cor. 2:14.
    Mas hoje, no mundo religioso, existem multidões que, segundo crêem, trabalham pelo estabelecimento do reino de Cristo como um domínio terrestre e temporal. Desejam tornar nosso Senhor o governador dos reinos deste mundo, o governador em seus tribunais e acampamentos, em suas câmaras legislativas, seus palácios e centros de negócios. Esperam que Ele governe por meio de decretos, reforçados por autoridade humana. Uma vez que Cristo não Se encontra aqui pessoalmente, eles próprios empreenderão agir em Seu lugar, para executar as leis de Seu reino. O estabelecimento de tal reino era o que desejavam os judeus ao tempo de Cristo. Teriam recebido Jesus, houvesse Ele estado disposto a estabelecer um domínio temporal, impor o que consideravam como sendo leis de Deus, e fazê-los os expositores de Sua vontade e os instrumentos de Sua autoridade. Mas Ele disse: “O Meu reino não é deste mundo.” João 18:36. Não quis aceitar o trono terrestre.
    O governo sob que Jesus viveu era corrupto e opressivo; clamavam de todo lado os abusos – extorsões, intolerância e abusiva crueldade. Não obstante, o Salvador não tentou nenhuma reforma civil. Não atacou nenhum abuso nacional, nem condenou os inimigos da nação. Não interferiu com a autoridade nem com a administração dos que se achavam no poder. Aquele que foi o nosso exemplo, conservou-Se afastado dos governos terrestres. Não porque fosse indiferente às misérias do homem, mas porque o remédio não residia em medidas meramente humanas e externas. Para ser eficiente, a cura deve atingir o próprio homem, individualmente, e regenerar o coração.
    Não pelas decisões dos tribunais e conselhos, nem pelas assembléias legislativas, nem pelo patrocínio dos grandes do mundo, há de estabelecer-se o reino de Cristo, mas pela implantação de Sua natureza na humanidade, mediante o operar do Espírito Santo. “A todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem no Seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade do varão, mas de Deus.” João 1:12 e 13. Aí está o único poder capaz de erguer a humanidade. E o instrumento humano para a realização dessa obra é o ensino e a observância da Palavra de Deus.
    Quando o apóstolo Paulo começou seu ministério em Corinto, populosa, rica e ímpia cidade, poluída pelos revoltantes vícios do paganismo, disse: “Nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e Este crucificado.” I Cor. 2:2. Escrevendo posteriormente a alguns que foram corrompidos pelos mais vis pecados, pôde dizer: “Mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito de nosso Deus.” I Cor. 6:11. “Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo.” I Cor. 1:4.
    Hoje, como no tempo de Cristo, a obra do reino de Deus não se acha a cargo dos que reclamam o reconhecimento e apoio dos dominadores terrestres e das leis humanas, mas dos que estão declarando ao povo, em Seu nome, as verdades espirituais que operarão, nos que as recebem, a experiência de Paulo: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim.” Gál. 2:20. Então eles trabalharão, como Paulo, em benefício dos homens. Disse ele: “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos pois da parte de Cristo que vos reconcilieis com Deus.” II Cor. 5:20.
    Quando o impulso revolucionário é maior que o fervor missionário estamos dizendo, com efeito, que nosso mundo é aqui.

    Que tal pensarmos nisso, pastor?

    Livro: O Desejado de Todas as Nações, pag. 509 e 510.

  • 06.23.13
    PAULO FABIO

    EM TEMPOS DE MANIFESTAÇÃO, É HORA DE MANISFESTAR A GLORIA DE DEUS.

  • 06.23.13
    Claudemir Pereira da Silva

    Japão troco o nosso futebol,por sua melhor saúde é educação de qualidade,parabens Japão que Deus abeçoem sua nação…

  • 06.23.13
    paulodeolive

    Mensagem oportuna desse jovem, tem muito pastor carcomido pelo tempo que está contra as manifestações, inclusive medalhões notórios, estão “assim” com o governo.

  • 06.23.13
    Érico RJ

    Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Mateus 5:9

  • 06.23.13

    Hospitais Fifa! Escolas Fifa! uHull

  • 06.25.13
    Virginia

    Olá a todos, bom dia!
    Realmente nos últimos dias temos vistos movimentos que representam a tristeza e insatisfação do povo. Porém, no meu ponto de vista, a proporção disso tudo tem se agravado. Estou tentando não ver mais telejornais em função de ser transmitida tanta violência. Quando digo violência, me refiro não só a dos policiais, que são obrigados a ficarem na linha de frente para proteger bens públicos e a integridade das pessoas. Meu filho é um policial, cristão, que está aterrorizado com tudo que está acontecendo. Neste momento ele estuda e ora a Deus para que consiga sair desse meio, mas infelizmente não é tão fácil, embora creio que Deus está com ele e o abençoará. Agora, acredito que o povo de Deus tem que lutar sim, mas um movimento de paz, de amor, que foi o que Cristo pregou. Eu tenho visto líderes de igrejas manifestarem seus descontentamentos e de certo modo instigando a todos que vão as ruas e lutem por seus ideais, com um certo ar de revolta…Temos que ter cuidado, para não deixar a revolta, a indignação e o espírito de violência afrorar. Quando vejo o fim de quase todas as manifestações, violentas, não acredito que Deus esteja se agradando de tudo aquilo… E os cartazes que tenho visto, alguns insultam a crença de alguns cristãos…Aprovo o movimento. Sou uma pessoas que sofreu e sofre devido o péssimo serviço público a nós oferecidos, já que sou usuária dos hospitais públicos, das escolas, entre outras coisas. Mas tenho tristeza em ver tanta violência. E sinceramente, tenho me desepcionado com a atitude de algumas igrejas.
    Enfim, meu desabafo.

  • 06.25.13
    JUVENAL NETO

    Tem muita coisa para mudar e convém uma explicação para aqueles que ainda não entenderam a questão que os GLS chamam de cura gay.

    O Conselho Federal de Medicina e o de Psicologia, por pressão da ditadura gay, proibiram seus filiados a atender pessoas com o CID’S ainda em vigor, de pessoas que sofrem disturbios sexuais. O Feliciano apenas fez uma lei, nem deveria, que devolve a liberdade ao cidadão que em dúvida de sua própria sexualidade, procura orientação médica e psicológica. Fez ele muito bem não atendendo a pressão da ditadura gay, que o governo Lula e Dilma tanto defendem e apoiam em detrimento de hospitais, escolas, transporte público e outros. Gastaram milhões e milhões em propaganda e kit gay, até em propaganda do dia da prostituta gastaram, como alguém já disse: Nossos heróis morreram de over dose, eu acrescento a sacanagem e bandidagem. Pessoas que fazem filme pornô são apresentadas como exemplo de vida na tv. Não adianta a GLOBO fazer pressão para que este movimento legítimo nas ruas, assuma a causa gay e faça pressão também contra o Feliciano, não vai colar, estamos de olho em vocês, não compactuamos com a ditatura gay que quer criar lei ditadora e nazista, criminalizando o livre pensamento de discordar, não iremos servir de massa de manobra e nem de fantoches da ditadura gay, queremos liberdade e democracia geral, a mesma liberdade que vocês usam e não querem deixar ninguém usar.

  • 06.25.13
    JUVENAL NETO

    O ASSUNTO É LIBERDADE – DEMOCRACIA – DEIXAR O CIDADÃO DECIDIR SE QUER OU NÃO ORIENTAÇÃO SEXUAL DE UM PROFISSIONAL DE SAÚDE – , A PROIBIÇÃO que fizeram com os psiquiátras e psicólogos é uma INVASÃO DE PRIVACIDADE E DA LIBERDADE DO CIDADÃO. Acho que qualquer pessoa que esteva em CONFLITO SEXUAL DEVE TER A LIBERDADE DE PROCURAR UM PROFISSIONAL DE SAÚDE SIM. Querem impor, querem criminalizar todo mundo, CHEGA, LIBERDADE PARA O POVO DECIDIR O QUE QUER, CIDADÃO MERECE RESPEITO – Eu era a favor da lei da HOMOFOBIA, agora não sou mais. Religiosos lutaram pela liberdade religiosa sem AMORDAÇAR NINGUÉM, mas os gays querem AMORDARÇAR A SOCIEDADE, CALAR CRIMINALIZANDO, isto é errado, QUEREM LEVAR OS JOVENS PARA ESTA LUTA, olha, não vai colar não, O MOVIMENTO É GENUÍNO, NÃO VAMOS DEIXAR INFILTRAR CAUSAS GAYS que VÃO DE ENCONTRO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO, OPINIÃO, RELIGIÃO E LIVRE PENSAMENTO. O tal Feliciano fez muito bem. Criou uma lei, NEM PRECISARIA, que permite o cidadão uma escolha. ISTO É DEMOCRACIA, LIBERDADE, COISA QUE VOCÊS USAM MAS NÃO QUEREM DEIXAR NINGUÉM USAR.

  • 06.25.13
    JUVENAL NETO

    UM ASSUNTO QUE DEVERIA MUDAR MAIS NINGUÉM QUER FALAR ou NÃO TEM CONHECIMENTO:

    INFANTICÍDIO INDÍGENA. O Brasil assinou a DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS, onde diz que a VIDA HUMANA É FUNDAMENTAL e que TODOS SÃO IGUAIS INDEPENDENTE DE RAÇA, RELIGIÃO, ETC. Mas o Brasil continua consentindo o INFANTICÍDIO INDÍGENA. Todos assinam abaixo assinado contra a matança de BALEIAS (TRADIÇÃO DO JAPÃO) MICO-LEÃO-DOURADO, Defesa da Floresta, etc… Mas quando o assunto são CRIANÇAS INDÍGENAS que são assassinadas de forma brutal (ENTERRADAS VIVAS), as pessoas dizem logo: “É a cultura indígena” e a “tradição indígena”. AFINAL, desde quando UMA VIVA HUMANA VALE MENOS QUE TRADIÇÃO OU CULTURA? Será que todos ficaram loucos ou só eu estou enxergando demais? São mais de 120 crianças assassinadas dentro do território que se diz brasileiro e ninguém quer fazer nada. Vejam o filme no link abaixo:http://www.youtube.com/watch?v=pzjrO3x9ef0

    Depois assinem o abaixo assinado. Crianças inocentes, iguais as nossas crianças, nada diferente, agradecem.http://www.peticaopublica.com.br/?pi=JSFN144

    ASSINE O ABAIXO ASSINADO CONTRA O INFANTICÍDIO INDÍGENA

    Abaixo-assinado: Defendemos os animais e quanto a vida humana? Não ao Infanticídio Indígena

    CLIQUE E ASSINE:

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=JSFN144

    O TEMA PROIBIDO NO BRASIL

    POR QUE NINGUÉM FALA DO INFANTICÍDIO INDÍGENA?
    A PLC 1057/2007, nunca vai ser aprovada, não precisa. Ela própria já é um absurdo, já que, igualmente com a PLC122, já existe leis iguais no código penal, sendo desnecessária sua votação.

    Os índios matam crianças que nascem GÊMEAS, ALBINAS, CEGAS ou qualquer tipo de diferença ou doença. Os yanomames cozinham e comem, outras tribos as enterram vivas. Não somente quanto nascem, mas também quando estão crescendo. Os idosos doentes e que já não podem se cuidar, também são levados para longe, e abandonados para morrer, com exceção de alguns líderes.
    Autoridades brasileiras não querem falar neste assunto. Mas o que para o índio é natural, pois para os índios isto não é assassinato e sim uma prática/costume/tradição comum entre eles, PARA NÓS É UMA COISA ABOMINÁVEL, pois eles praticam estes assassinatos com requinte de crueldade, assam ou enterram as crianças ainda vivas.
    O mundo todo sabe a história da INDIA HAKANI, publicada na Revista Veja, Edição 2021 de 15 de agosto de 2007, mas nós brasileiros VIRAMOS AS COSTAS PARA ESTE ASSUNTO. Os índios já contam mais de 817 mil na amazônia.
    Afinal, o que vale mais, uma vida humana ou a preservação da cultura e tradição?

    ANTROPÓLOGAS DIZEM QUE TEMOS QUE DEIXAR OS ÍNDIOS “RESOLVEREM” OS SEUS “PROBLEMAS”. ELES TEM QUE TER AUTONOMIA, E ATÉ FAZEM COMPARAÇÃO COM O ABORTO PRATICADO PELOS CHAMADOS CIVILIZADOS.
    RESPONDEMOS:
    1 – OS ÍNDIOS NÃO ESTÃO RESOLVENDO, ESTÃO MATANDO.
    2 – CRIANÇAS INDÍGENAS NÃO SÃO PROBLEMAS, SÃO SERES HUMANOS, O PROBLEMA ESTA EM QUEM MATA, QUEM PERMITE MATAR E QUEM QUER PRENDER QUEM É CONTRA A MATANÇA.
    3 – O ABORTO É OUTRO CRIME SIM, MAS O INFANTICÍDIO É AINDA PIOR, POIS ALGUMAS CRIANÇAS SÃO MORTAS COM 4 ATÉ MAIS DE 9 ANOS DE IDADE E NINGUÉM FALA DOS IDOSOS DOENTES E JÁ SEM PODER ANDAR, SÃO ABONDONADOS NA FLORESTA PARA MORRER.
    PROTESTAMOS CONTRA A RETIRADA DO CLITÓRIS EM MULHERES NA ÁFRICA E NOS FINGIMOS DE CEGOS AOS ASSASSINATOS DE CRIANÇAS NO BRASIL. DEFENDEMOS CACHORROS, MATA ATLÂNTICA, O MAR, AS ÁRVORES, AS BALEIAS, ETC., MAS NÃO LIGAMOS PARA O DIREITO DESTES INOCENTES, QUE AFINAL SÃO GENTE COMO NÓS OU NÃO SÃO? ONDE ESTÃO OS DIREITOS DELAS?
    NÃO PODEMOS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS

    ASSINE O ABAIXO ASSINADO CONTRA O INFANTICÍDIO INDÍGENA
    Abaixo-assinado: Defendemos os animais e quanto a vida humana? Não ao Infanticídio Indígena
    Assine, se fosse para salvar um Mico-Leão-Dourado você assinaria.

    UM ABSURDO ACONTECENDO AQUI NO BRASIL – Ajude a salvar a vida de uma criança.
    REPASSE

    CLIQUE E ASSINE:
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=JSFN144

    VEJA O FILME – CENAS FORTES:
    http://www.youtube.com/watch?v=pzjrO3x9ef0

    O TEMA PROIBIDO NO BRASIL

    POR QUE NINGUÉM FALA DO INFANTICÍDIO INDÍGENA?
    A PLC 1057/2007, nunca vai ser aprovada, não precisa. Ela própria já é um absurdo, já que, igualmente com a PLC122, já existe leis iguais no código penal, sendo desnecessária sua votação.

    Os índios matam crianças que nascem GÊMEAS, ALBINAS, CEGAS ou qualquer tipo de diferença ou doença. Os yanomames cozinham e comem, outras tribos as enterram vivas. Não somente quanto nascem, mas também quando estão crescendo, em qualquer idade. Os idosos doentes e que já não podem se cuidar, também são levados para longe, e abandonados para morrer, com exceção de alguns líderes.
    Autoridades brasileiras não querem falar neste assunto. Mas o que para o índio é natural, pois para os índios isto não é assassinato e sim uma prática/costume/tradição comum entre eles, PARA NÓS É UMA COISA ABOMINÁVEL, pois eles praticam estes assassinatos com requinte de crueldade, assam ou enterram as crianças ainda vivas.
    O mundo todo sabe a história da INDIA HAKANI, publicada na Revista Veja, Edição 2021 de 15 de agosto de 2007, mas nós brasileiros VIRAMOS AS COSTAS PARA ESTE ASSUNTO. Os índios já contam mais de 817 mil na amazônia.
    Afinal, o que vale mais, uma vida humana ou a cultura e tradição?
    PARECE QUE NO BRASIL A VIDA HUMANA VALE MENOS QUE A CULTURA/TRADIÇÃO.

    ANTROPÓLOGAS DIZEM QUE TEMOS QUE DEIXAR OS ÍNDIOS “RESOLVEREM” OS SEUS “PROBLEMAS”. ELES TEM QUE TER AUTONOMIA, E ATÉ FAZEM COMPARAÇÃO COM O ABORTO PRATICADO PELOS CHAMADOS CIVILIZADOS.
    RESPONDEMOS:
    1 – OS ÍNDIOS NÃO ESTÃO RESOLVENDO, ESTÃO MATANDO.
    2 – CRIANÇAS INDÍGENAS NÃO SÃO PROBLEMAS, SÃO SERES HUMANOS, O PROBLEMA ESTA EM QUEM MATA, QUEM PERMITE MATAR E QUEM QUER PRENDER QUEM É CONTRA A MATANÇA.
    3 – O ABORTO É OUTRO CRIME SIM, MAS O INFANTICÍDIO É AINDA PIOR, POIS ALGUMAS CRIANÇAS SÃO MORTAS COM 4 ATÉ MAIS DE 5 ANOS DE IDADE E NINGUÉM FALA DOS IDOSOS DOENTES E JÁ SEM PODER ANDAR.
    PROTESTAMOS CONTRA A RETIRADA DO CLITÓRIS EM MULHERES NA ÁFRICA E NOS FINGIMOS DE CEGOS AOS ASSASSINATOS DE CRIANÇAS NO BRASIL. DEFENDEMOS CACHORROS, MATA ATLÂNTICA, O MAR, AS ÁRVORES, AS BALEIAS, ETC., MAS NÃO LIGAMOS PARA O DIREITO DESTES INOCENTES, QUE AFINAL SÃO GENTE COMO NÓS OU NÃO SÃO? ONDE ESTÃO OS DIREITOS DELAS?
    NÃO PODEMOS FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS enquanto um assassinato com requinte de crueldade esta sendo cometido com crianças inocentes. Sei que é costume e que para o índio é coisa normal. Mas nós, uma vez sabedores deste assunto, não podemos ficar parados. Alguns grupos privados e governamentais estão proibindo cada vez mais o contato com os índios, SEGREGANDO, impedindo ações cognitivas, impedindo o rumo natural da evolução humana. Isto sim é RACISMO.
    A VERDADE É que estão segregando o índio por interesses nas riquezas das terras, são mais de 40 contratos realizados entre “índios” e empresas particulares internacionais. Por US$ 120 milhões, índios da etnia mundurucu venderam a uma empresa estrangeira (Irlandesa) direitos sobre uma área com 16 vezes o tamanho da cidade de São Paulo, o dobro do tamanho de Portugal, em plena floresta amazônica, no município de Jacareacanga (PA). O negócio garante à empresa “benefícios” sobre a biodiversidade, além de acesso IRRESTRITO ao território indígena(folha de São Paulo).
    Existe o interesse internacional pelas terras indígenas e é interessante que até o ano 5.000, os índios continuem índios para que eles (os poderosos) possam negociar as riquezas da terra com os índios.
    São mais de 120 assassinatos por ano, lembre-se.
    Mesmo se existisse uma lei a favor deste horror, LUTARÍAMOS CONTRA, assim como fazem os viciados em drogas, principalmente maconha, que é proibido por lei, mas eles LUTAM CONTRA A LEI, fazendo passeatas, etc., isto tudo já permitido pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.
    Ora, se podemos nos manifestar contra uma lei já em vigor, quanto mais UMA COISA QUE É A FAVOR DA LEI, OU SEJA, CONTRA ASSASSINATOS DE CRIANÇAS. Não queremos prender ninguém no momento, mas ENSINAR, DESENVOLVER, EVOLUIR, INCLUIR, INSERIR NA SOCIEDADE, tomar providências, IMPEDIR OS ASSASSINATOS e no futuro sim, punir, pois isto tem que acabar um dia, que este dia seja AGORA.
    Falam tanto em EVOLUÇÃO, mais absurdo do que crê em Deus (A Teoria de Deus) e acreditar numa bolinha que explodiu e criou todo o universo (Teoria da Evolução), mas já que acreditam mais na bolinha, qual o motivo de não deixar os índios evoluir? Será que todos podem evoluir menos os índios?

  • 06.25.13
    JUVENAL NETO

    Nós cristãos, não devemos estar omissos aos acontecimentos gravíssimos de nosso país. Infelizmente nascemos e moramos num país de corruptos, onde os políticos riam do povo. Eles, podem se aposentar cedo e com alto salário, podem aumentar o próprio salário, etc. O povo não tem direito a nada, NÃO TEMOS SAÚDE, EDUCAÇÃO E JUSTIÇA.

  • 06.27.13
    Rafael Farias

    Pra mim não estaria no meio dessas manifestações, pois não sigo qualquer líder, e também não creio que isso irá resolver nossos maiores problemas sem contar que as manifestações estão indo para um lado ruin com as violências que infelizmente das partes de alguns tem feito tanto mal para a nossa nação e os patrimônios públicos, mais eu ainda creio que devemos pedir em oração algo pra Deus e não pra homens, devemos esperar algo de Deus em oração e não de tais homens, sou a favor da manifestação pacífica cujo o líder é um homem de Deus, porque sei que no meio das manifestações haverá um momento de oração e de clamor a Deus e não aos gritos a homens que mesmo dando a sua palavra que as coisas mudarão logo em seguida tudo piora! Essa é minha opinião e não me interessa o que irão pensar ou me criticar! Bendita é a nação cujo Deus é o Senhor. Deus abençoe a todos