Unidades de trabalho missionário no Haiti ficam destruídas após furacão Matthew

Por Michelle Ferraz

Unidades de programa socioeducativo da JMM são destruídas por furacão MatthewApós a passagem do furacão Matthew pela região do Caribe no início deste mês, missionários da Junta de Missões Mundiais (JMM) começam a levar ajuda para 54 famílias haitianas prejudicadas pela destruição de duas unidades de um programa socioeducativo da instituição, o “Pepe”. Mais de mil pessoas morreram no país após a tempestade.

Segundo a JMM, em Petit Goave, o furacão levou a maior parte do teto da igreja onde ficava uma das unidades do programa socioeducativo. A porta principal e uma das janelas também foram arrancadas pela força do vento.

• Veja também: 
Ministérios cristãos se preparam para ajudar vítimas de furacão em região caribenha
Após furacão, cristãos vão à igreja para agradecer a Deus no Haiti

“No meu coração, a vontade era de fazer com que as salas de aula das crianças voltassem a ser o cantinho do saber, cheio de vida e alegria”, disse a missionária Rosimeri Francisco, que atua no “Pepe”. “A felicidade que eu sentia ao entrar nas salas de aula deu lugar a uma grande tristeza ao observar que, ao invés de ver crianças sorrindo, brincando e aprendendo, eu estava olhando para mesas e cadeiras amontoadas, quebradas e cobertas de lama”, lamentou.

Para ajudar na reconstrução das unidades do programa socioeducativo da JMM no Haiti, os interessados podem participar do projeto Ajude Agora – Haiti. O contato para outras informações pode ser feito pelo 2122-1901 (cidades com DDD 21) ou 0800 709 1900 (demais localidades). A instituição também disponibiliza o WhatsApp (21) 98884-5414 e o e-mail centraldeatendimento@jmm.org.br para informações.

_____

Com informações da JMM


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.