Presidente da Assembleia Geral da ONU convoca líderes a se unirem para lidar com crise de refugiados

Da ONU

Presidente da Assembleia Geral da ONU convoca líderes a se unirem para lidar com crise de refugiados

(Foto: ONU / Cia Pak)

O presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, Mogens Lykketoft, encerrou, no último sábado (3), o 70ª debate geral da Assembleia com pronunciamento que destacou os temas importantes discutidos ao longo da semana por líderes de todo o planeta. O representante chamou atenção para a crise dos refugiados e das populações deslocadas e ressaltou a necessidade de combater a guerra e a violência em regiões da África, do Oriente Médio e da Europa.

“Foi enfatizado várias vezes que essa crise inédita de dimensões globais exige uma resposta global inédita, fundamentada no direito e na solidariedade internacionais”, afirmou Lykketoft, referindo-se à situação dos refugiados no mundo. “De fato, a trágica situação de emergência humanitária em muitas partes do mundo – não menos importante na Síria e em países vizinhos – foi destacada repetidamente”, acrescentou.

Em relação aos conflitos no território sírio, o presidente da Assembleia Geral lembrou que muitos Estados-membros se posicionaram a favor de esforços para buscar uma solução pacífica e política. Lykketoft também destacou a necessidade, apresentada pelas nações, de combater o extremismo e o terrorismo na África e em partes da Europa. O dirigente definiu como uma “afronta à humanidade comum” as ações de grupos extremistas, entre eles, o Estado Islâmico, o Boko Haram e Al-Shabaab.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.