População de refugiados no Brasil dobra nos últimos quatro anos

 

RefugiadosUm relatório do Comitê Nacional de Refugiados (Conare) divulgado pela Missão em Apoio à Igreja Sofredora (Mais) informou que, nos últimos quatro anos, o Brasil acolheu cerca de 8.400 refugiados, duas vezes mais que em 2011. Pelo menos 12,6 mil solicitações ainda aguardam decisão do órgão.

Entre as principais razões para os pedidos de refúgio estão violação de direitos humanos (51,13%), perseguições políticas (22,5%), reunião familiar (22,29%) e perseguição religiosa (3,18%).

A maior população refugiada no país é formada por sírios (2.077 pessoas), seguida por angolanos (1.480), colombianos (1.093), congoleses (844) e libaneses (389). Mais de 70% dos refugiados são homens. O levantamento aponta, ainda, que a maioria se encontra na faixa dos 18 aos 39 anos.

As estatísticas não incluem os haitianos, visto que essas solicitações de refúgio estão sendo analisadas pelo Conselho Nacional de Imigração para autorização da permanência por razões humanitárias.

No Brasil, a Mais é uma das organizações que se empenham na causa dos refugiados por meio do projeto RENOVARE, um programa de acolhimento de refugiados cristãos que, por motivos de guerra, perseguição religiosa, pobreza extrema ou desastres naturais, não têm condições de permanecerem em seus países.

O projeto consiste em promover acolhimento em parceria com igrejas, oferecendo atendimento pastoral, assistência documental e reintegração social. Dezenas de famílias foram recebidas por meio do projeto e estão abrigadas em diferentes regiões do país. Igrejas interessadas em acolher refugiados devem se cadastrar no site da Mais (clique aqui).

_____

Com informações da Mais


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.