Pesquisa revela que maioria dos evangélicos discorda da frase “bandido bom é bandido morto”

Com informações da Agência Brasil
Por Abner Faustino 

Pesquisa revela que maioria dos evangélicos discorda da frase "bandido bom é bandido morto"

De acordo com a Pesquisa Olho por Olho, divulgada nesta quinta-feira (6) pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes (RJ), 73,4% dos evangélicos entrevistados refutam a ideia de que “bandido bom é bandido morto”, frase popularizada na década de 80 pelo delegado José Guilherme Godinho, o Sivuca.

Para a pesquisadora Julita Lemgruber, esse dado é o mais surpreendente da pesquisa, que ouviu 2.353 moradores da cidade do Rio de Janeiro acerca de temas polêmicos da segurança pública e dos direitos humanos. Julita afirma que “a grande maioria da população do Rio que se identifica como evangélica praticante não apoia as violações de direitos que muitas vezes a bancada evangélica no Congresso apoia”.

A pesquisa ainda revela que os cristãos são os pessoas que mais acreditam na ressocialização. Enquanto 73% da população do Rio de Janeiro acredita na segunda chance, 86% dos evangélicos acreditam que uma pessoa pode ser ressocializado após passar algum período no sistema prisional.

De acordo com o estudo, seis em cada dez moradores da capital carioca discordam da frase “bandido bom é bandido morto”, 31% dizem concordar integralmente, 3% se declararam neutros e 6% concordam parcialmente com a frase.

Enquete:

Você concorda com a expressão “bandido bom é bandido morto?”

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.