Pastor iraniano preso por “criar rede para derrubar o sistema” é libertado após seis anos

Pastor iraniano preso por "criar rede para derrubar o sistema" é libertado após seis anos

Foto: OpenDoors.org

No último dia 17, o pastor iraniano Behnam Irani foi libertado após passar seis anos na cadeia por causa de sua fé. Ele foi acusado de “atentar contra a segurança nacional”, “espalhar a corrupção pela terra” e “criar uma rede para derrubar o sistema”.

Irani é um conhecido pastor da igreja subterrânea do Irã. Ele se converteu ao cristianismo em 1992 e se tornou pastor em 2002. Foi preso pela primeira vez em 2006, por causa de trabalhos evangelísticos que realizava, o que é proibido pela legislação iraniana. Em 2008, ele foi acusado de agir contra a segurança nacional. Em 2010, o pastor foi preso durante o culto em uma igreja local. No estabelecimento foram encontrados vários artigos cristãos, como bíblias, DVDs e livros. Possuir esses objetos é proibido pelo governo iraniano. Alguns meses depois, Irani foi solto após pagar a fiança. Um ano depois, o caso foi a julgamento e o pastor foi condenado.

Durante a prisão, Behnam Irani passou por graves problemas de saúde, muitos relacionados aos maus tratos e às sessões de torturas aos quais foi submetido. Em fevereiro de 2014, o pastor foi levado a um hospital para realizar uma operação para estancar um sangramento no estômago.

Enquanto estava na prisão, Irani escreveu diversas cartas, mas uma delas ficou conhecida após a Missão Portas Abertas divulgá-la. Leia abaixo:

“Muitos dos meus companheiros de cela me perguntam por que estou pagando um preço tão enorme por minha crença em Jesus Cristo. Eles me perguntam por que eu não nego a minha crença e volto para a minha esposa e filhos. Eu, então, me pergunto: qual o custo que o Senhor pagou para me salvar e me transferir do reino das trevas para o reino da luz? A morte de Jesus Cristo na cruz, sangue do Cordeiro de Deus! Sim, este é um preço enorme. Portanto, eu também sou capaz de preferir a prisão à liberdade. Eu decidi manter minha fé em nosso Senhor e ficar na prisão.

Encorajo-vos a compreender o valor da vossa fé. Nós recebemos a salvação de graça, mas lembre-se: ela não foi gratuita. Deus pagou por sua liberdade. Ele sacrificou seu filho amado, Jesus Cristo. Lembre-se que só há um caminho para Deus e Jesus nos disse sobre ele: ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim’ (João 14: 6)”.


1 Comentário

  1. Rogério Lopes dos reis

    Glória a Deus,fico feliz com a libertação do amado pastor,a oração do justo pode muito em seus efeitos,mas e tempo de acordar e ver campos brancos.

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.