[Paquistão] Menina de 11 anos é presa por blasfêmia

Bandeira do PaquistãoUma menina paquistanesa de 11 anos, identificada como Rimsha, foi presa no último dia 17 após supostamente ter sido vista carregando um saco de lixo com páginas do Alcorão. A atitude da menina teria incitado a ira de vários muçulmanos, que resolveram chamar a polícia para que uma providência fosse tomada.

Sob pressão dos muçulmanos que se manifestaram contra a menina, argumentando que a atitude dela se tratava de uma profanação ao livro sagrado do Islamismo, oficiais prenderam a criança sob acusação de blasfêmia.

Paul Bhatti, ministro paquistanês para a Harmonia Nacional, prestou depoimento à emissora britânica BBC, e disse acreditar que Rimsha possui distúrbios mentais. Para ele, “é improvável que ela tenha profanado o Alcorão propositalmente”.

Extremistas islâmicos ameaçaram atear fogo nas casas dos cristãos que vivem na região. Segundo autoridades locais, os pais da criança foram colocados sob custódia policial para serem protegidos de ameaças.

Atualizações sobre o caso

Segundo a agência de notícias France Press, o investigador de polícia Zabhiullah Abbasi afirmou que Rimsha deve ficar em detenção provisória até o dia 25 de agosto, quando, então, irá comparecer diante de um tribunal para ser acusada de blasfêmia.

O mesmo policial declarou ainda que a menina é analfabeta, mas considerou, com base em um exame médico realizado depois da prisão, que ela não apresenta problemas mentais. Já o diretor de uma organização que representa as minorias paquistanesas, Tahir Naveed Chaudhry, declarou que Rimsha tem Síndrome de Down.

Lei da blasfêmia

No Paquistão, onde a população é majoritariamente muçulmana, a blasfêmia pode ser legalmente punida com morte. É o caso de Salman Taseer, muçulmano de mente liberal, ex-governador da província de Punjab, que foi assassinado pelo próprio guarda pessoal, porque agiu em defesa de Asia Bibi, cristã condenada por falar de Jesus para colegas de trabalho.

Shahbaz Bhatti, ministro federal e único cristão no gabinete paquistanês, foi morto por se opor à lei da blasfêmia. Nos últimos anos, foram registradas 45 acusações por blasfêmia, sendo que 43 pessoas foram mortas em execuções extrajudiciais.

_____
_____

Fonte: BBC, AFP e outras agências
Extraído de: Portas Abertas
Adaptação: Redação REDE SUPER


2 Comentários

  1. THAILANE

    A paz do SENHOR!!!!!fico indignada com o descaso dessa situação e o pior você não ver o direitos humanos se interver de forma mais rápida trazendo solução para este caso.que DEUS possa ajudar esta criança e que proteja nossos irmãos neste país que precisa muito das nossas orações.

  2. DEUS VAQI ENTRA COM PROVIDECIA NA VIDADESTA CRIANCA

    ESTA MENINA E INUCENTE MAIS A LEI DESTE PAIS E SEVERA

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.