Oito pessoas morreram em ataque do Boko Haram em Camarões

Redação Rede Super

Bandeira CamarõesCerca de oito pessoas morreram e outras 100 foram sequestradas em um ataque do grupo radical Boko Haram em Tchakarmari no extremo norte de Camarões, na madrugada da última terça-feira, disse uma fonte oficial do governo local. “Moradores disseram que os agressores voltaram em direção à Nigéria, onde Camarões não tem permissão para segui-los”, disse a fonte.

Em julho, o grupo radical Boko Haram foi responsabilizado por uma série de ataques suicidas na cidade de Maroua, a poucos quilômetros de Tchakarmari.

Após a série de atentados suicidas em julho, o governo de Camarões anunciou planos para enviar 2 mil soldados adicionais para aumentar a segurança no extremo norte do país, próximo à divisa com a Nigéria, país de origem do Boko Haram. O governador local ainda proibiu o uso de burcas, que foram usadas por mulheres suicidas. No final de julho, autoridades expulsaram cerca de 2.800 nigerianos que viviam em Camarões sem os documentos exigidos.

O Camarões mobilizou cerca de 7 mil soldados como parte de uma força regional que inclui Chade, Níger e Nigéria, a fim de tentar conter a insurgência de seis anos do Boko Haram.

O que é o Boko Haram?

Boko Haram é um grupo terrorista de origem nigeriana. Suas ações são baseadas no fundamentalismo religioso de combate à influência ocidental e de implantação radical da lei islâmica, a sharia. O nome do grupo significa “a educação não islâmica é pecado”.

O principal objetivo do Boko Haram é combater a influência e o legado ocidental deixado na Nigéria e nos países vizinhos, como Camarões e Chade. O grupo terrorista utiliza o radicalismo, como a realização de atentados e sequestros para realizar avanços territoriais.

_____

Com informações da Reuters


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.