Obama faz apelo por liberdade religiosa na Índia

Da Reuters

Obama faz apelo por liberdade religiosa na Índia

Presidente dos EUA, Barack Obama, acena para o público em discurso em Nova Déli (Foto: Ahmad Masood/Reuters)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um apelo pela liberdade religiosa ao encerrar uma visita à Índia na última terça-feira (27). Durante o discurso em Nova Déli, ele fez referência às relações marcadas pela tensão entre hindus e minorias no país e ao compromisso constitucional da Índia de garantir liberdade de confissão, prática e propagação religiosa a todas as pessoas.

Apesar de Obama não ter feito nenhuma referência direta ao primeiro-ministro Narendra Modi, cuja ascensão ao poder no ano passado levou alguns grupos hindus a tentarem se impor às demais crenças, o discurso do presidente foi amplamente interpretado como uma mensagem ao partido nacionalista hindu Janata Bharatuya (BJP), liderado por Modi. O primeiro-ministro governava o estado de Gujarat em 2002, quando pelo menos mil pessoas, a maioria delas muçulmanas, morreram em conflitos religiosos.

A questão da liberdade religiosa tem voltado à tona desde que ativistas do BJP passaram a alegar que o hinduísmo estaria sob ameaça e, por esse motivo, começaram uma campanha para convencer cristãos e muçulmanos a abandonarem suas crenças. Cerca de 1,27 milhão de habitantes da Índia se identificam como pertencentes a outras religiões, e não ao hinduísmo.

Modi advertiu legisladores do seu próprio partido a pararem de promover questões controversas em torno de conversões religiosas e focarem em questões relativas à reforma econômica, mas o discurso de Obama foi rapidamente tomado por adversários políticos do primeiro-ministro. “Eu espero que Modi tenha escutado o discurso cuidadosamente”, disse Manish Tewari, do partido de oposição, em crítica aos ativistas hindus que têm se colocado “na contramão da democracia liberal”.

_____

Tradução e adaptação: Redação Rede Super


1 Comentário

  1. Apóstola Esther Ben David

    Precisa agora fazer algo na Nigéria, onde estão massacrando e queimando vivos os cristãos. |Precisamos fazer algo. Que os países acordem e cortem a relação diplomática com países que perseguem cristãos.

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.