Novo projeto de lei pode ajudar cristãos perseguidos no Paquistão

Portas Abertas

Novo projeto de lei pode ajudar cristãos perseguidos no Paquistão

Um projeto de lei que introduz penas severas contra aqueles que blasfemam foi finalizado e será apresentado ao governo paquistanês. A nova legislação visa garantir que as pessoas não façam justiça com as próprias mãos, exigindo provas de que um indivíduo teve a intenção de blasfemar.

A lei atual foi responsabilizada pelo aumento das tensões interreligiosas em todo o país. Grupos de direitos humanos dizem que a lei é frequentemente mal utilizada por extremistas. Na maioria dos casos, são falsas acusações contra os cristãos, a fim de acertar contas pessoais.

A proposta para apertar a legislação foi bem recebida por Nasir Saeed, diretor do Centro de Assistência Judiciária, que trabalha com os cristãos no Paquistão. “O mau uso da lei está em ascensão. A comunidade cristã está sob ataque constante e consideram-se um alvo principal, e a causa da perseguição é a lei sobre blasfêmia”, disse ele em um comunicado.

No entanto, Saeed alertou que pode não haver mudanças imediatas, mesmo se o projeto virar lei, porém, ele explica que isso terá um impacto a longo prazo na vida dos cristãos, pois significa que nenhuma pessoa de qualquer fé será falsamente acusada ou morta por um crime que nunca cometeu.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.