Nepal adota medidas para proteger crianças de tráfico humano

Reuters Brasil

Famílias deixam suas casas e esperam em uma escola após forte terremoto atingir o Nepal. [Navesh Chitrakar / Reuters]

Famílias deixam suas casas e esperam em uma escola após forte terremoto atingir o Nepal. [Navesh Chitrakar / Reuters]

O Nepal proibiu nesta terça-feira (26) que crianças viajem sem os pais ou tutores legais, em uma iniciativa sem precedentes para combater os traficantes de seres humanos. As autoridades temem que eles estejam de olho em famílias vulneráveis após o devastador terremoto do mês passado.

Centenas de milhares de famílias perderam suas casas no Nepal, após dois grandes terremotos atingirem o país, em 25 de abril e 12 de maio, matando mais de 8.600 pessoas. Grupos de defesa dos direitos humanos acreditam que traficantes de pessoas estão se aproveitando do caos.

Portanto, crianças menores de 16 anos não serão autorizadas a viajar para fora do distrito onde residem sem a companhia de um dos pais ou outro adulto aprovado pelo Conselho de Bem-Estar Infantil local, segundo um alto funcionário.

As medidas cautelares foram decretadas uma semana depois de dezenas de crianças, de áreas atingidas pelo terremoto, terem sido encontradas a viajar com estranhos em circunstâncias suspeitas, segundo autoridades. A polícia prendeu dois adultos indianos e três nepaleses que estavam com 11 crianças, entre 10 e 12 anos, no trajeto de Dolakha para Katmandu, sem os documentos necessários.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.