Missionários cristãos sul-coreanos são expulsos da China

Por Abner Faustino

Cerca de 60 cristãos sul-coreanos foram expulsos da China depois que autoridades do país acusaram os cristãos de realizarem atividades missionárias. De acordo com a imprensa sul-coreana, os missionários estavam ajudando norte-coreanos na província de Jilin, na região nordeste da China, que conseguiam atravessar a fronteira.

O governo chinês explicou ao jornal sul-coreano The Kukmin Daily que a expulsão dos cristãos aconteceu “porque essas pessoas (cristãos) estavam envolvidas em atividades missionárias, violando a lei relacionada à religião”. Um missionário, detido e depois libertado, disse que “a China está restringindo as atividades missionárias consideradas ilegais, mas eles também estão rastreando contas bancárias e investigando se as pessoas ajudaram ou não os desertores da Coreia do Norte a residir na China”, explicou ao jornal The Kukmin Daily.

Os missionários auxiliavam norte-coreanos, principalmente mulheres que são exploradas sexualmente na China. Outros cristãos também estão prestes a receber punições ou restrições por causa das ações missionárias.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.