Mais de 28 mil crianças deslocadas por conflitos em 2015 estão expostas a ameaças

Redação Rede Super

Omran Daqneesh

Omran Daqneesh, menino sírio vítima de ataque aéreo em Aleppo (Foto: Reprodução / EuroNews)

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgou, nesta semana, um relatório que mostra que cerca de 28 milhões de crianças afetadas por conflitos violentos migraram através ou dentro de suas fronteiras ou foram deslocadas à força só no ano de 2015. O documento ainda aponta que o número de crianças que atravessam as fronteiras por conta própria tem subido.

Em 2015, mais de 100 mil meninos e meninas com menos de 18 anos, não acompanhados, pediram asilo em 78 países, o triplo do número registrado em 2014. Nessa perigosa jornada, eles enfrentam riscos diversos, como o de afogamento em travessias marítimas, desnutrição e desidratação, tráfico, sequestro, estupros e até assassinatos.

Na região das Américas, o Brasil aparece como o sétimo país com o maior número de migrantes em 2015, sendo o oitavo com o maior número de migrantes internacionais com menos de 18 anos. No referido ano, o país foi o destino de 714 mil crianças. A Turquia está no topo da lista de países que mais recebem refugiados.

Clique aqui para acessar o relatório do Unicef completo.

_____

Com informações da ONU


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.