Jovem se converte e é amarrado pela família por 12 horas: “Eles me disseram que devo negar a Cristo”

(Foto: Pixabay)

Com informações de Portas Abertas

Um jovem de 20 anos recém-convertido que vive em Laos, um dos países considerados hostis ao cristianismo pela Lista Mundial da Perseguição da Missão Portas Abertas, foi atacado pela própria família e amarrado por 12 horas.

“Eles me disseram que eu preciso retornar à antiga fé e que eu devo negar a Cristo. Fiquei amarrado de 7 da manhã até 7 da noite. Doeu muito ouvir isso da boca deles”, conta o jovem.

De acordo com informações divulgadas pela Portas Abertas, ele pediu para não ser identificado por motivos de segurança e negou que cederia à pressão religiosa da família. O jovem ainda disse que apanhou de um irmão mais velho e de um tio.

“Ele é um novo convertido e está sendo perseguido pela própria família em que um dia ele encontrou conforto e amparo. Hoje, porém, ele vive momentos difíceis. Ele faz parte da tribo Hmong e vive em uma das províncias de Laos. Um dia, um de seus parentes, que já participou de um aconselhamento pós-trauma da Portas Abertas, pregou a ele o evangelho e ele, então, se decidiu por Cristo”, disse um dos colaborados do ministério, que também pediu para não ser identificado.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.