[Irã] Pastor preso por realizar trabalhos em igrejas domésticas é transferido para ala de criminosos de prisão iraniana

Redação Rede Super

Pastor Farshid Fathi está em ala de criminosos da prisão de Rajaei Shahr (Foto: Divulgação/Portas Abertas)

Pastor Farshid Fathi está em ala de criminosos da prisão de Rajaei Shahr (Foto: Divulgação/Portas Abertas)

Preso em 2010 e condenado a seis anos de prisão por realizar trabalhos em igrejas domésticas iranianas, o pastor Farshid Fathi, 35, foi transferido, no dia 19 de agosto, para a ala de prisioneiros criminosos da prisão de Rajaei Shahr, em Karaj, no Irã. Até então ele estava preso na ala política da prisão de Evin, no Teerã. A transferência foi divulgada pelo Mohabat News e replicada pela Missão Portas Abertas nesta segunda-feira (8).

De acordo com fontes que não podem ser identificadas por questões de segurança, o pastor tem sofrido ameaças de criminosos, inclusive de extremistas islâmicos. “A ala 10 da prisão Rajaei Shahr é isolada dos outros prédios da prisão e tem os criminosos mais perigosos. As leis das prisões iranianas demandam a separação de diferentes categorias criminais, fazendo dessa transferência um ato ilegal”, disse uma das fontes.

Fathi foi preso em 26 de dezembro de 2010, quando autoridades de segurança iranianas realizaram um ataque pré-planejado para derrubar grupos cristãos. O pastor foi condenado pelo Tribunal Revolucionário a seis anos de prisão por “ser o chefe e diretor de organizações estrangeiras, e coletar fundos para estas organizações no Irã”.

Assim como outros casos de cristãos no Irã, o caso do pastor Fathi foi marcado como crime político, embora o único motivo da prisão tenha sido pela fé que ele professa em Cristo.

_____

Com informações de Portas Abertas

 


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.