Hospital do ‘Médicos Sem Fronteiras’ é bombardeado no Iêmen

Redação Rede Super

Médicos Sem FronteirasUm hospital dirigido pelo grupo de ajuda humanitária Médico Sem Fronteiras (MSF) em Saada, no Iêmen, foi alvo de ataques aéreos liderados por sauditas na noite dessa segunda-feira (26), informou a organização.

“Instalação de Saúde de #MSF em #Saada, #Iêmen, foi atingida por vários ataques aéreos na noite passada com pacientes e profissionais dentro”, comunicou o grupo por meio de uma rede social.

A MSF não divulgou informações sobre vítimas, mas, de acordo com a agência estatal iemenita Saba – administrada por um grupo aliado do Irã que vem sendo alvo dos ataques da coalizão -, o diretor do hospital, Ali Mughli, informou que várias pessoas ficaram feridas. “Os ataques aéreos causaram a destruição de todo o hospital com tudo o que estava lá dentro, equipamentos e suprimentos médicos, e ferimentos moderados em várias pessoas”, afirmou.

Este é o segundo hospital da MSF atingido em uma zona de guerra só neste mês. Outra instalação, localizada em Kunduz, no Afeganistão, foi bombardeada pelas forças dos Estados Unidos no dia 3 de outubro, e cerca de 30 pessoas morreram. Na ocasião, o comando da missão norte-americana no Afeganistão alegou ter informações de que militantes do Talibã poderiam estar dentro do hospital.

_____

Com informações de agências internacionais de notícias


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.