Governo chinês volta atrás e exige destruição de igreja

Governo chinês volta atrás e exige destruição de igreja

Foto: Portas Abertas

 Portas Abertas

Após acertar a construção de um templo, a Igreja Yongguang terá que ser demolida. A exigência é da Comissão de Desenvolvimento Econômico de County Huoqiu, na província de Anhui, leste da China.

Anteriormente, a igreja teve que desocupar um prédio que usava como templo para que o governo construísse uma estrada que passaria nas proximidades. A condição do acordo de desocupação do antigo templo incluía a autorização de escolha de um novo local para a igreja, com a cooperação do governo.

Entretanto, duas semanas após realizar a cerimônia de abertura do novo local, a igreja Yongguang recebeu a notificação de demolição. O governo chinês explica que o prédio é uma estrutura ilegal e deverá ser derrubada .


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.