Famílias fogem de cidade líbia após confrontos com Estado Islâmico

Reuters

Famílias fogem de cidade líbia após confrontos com Estado Islâmico

Combatente do grupo Amanhecer Líbio segura arma perto de Sirte (Foto: Reuters/Goran Tomasevic)

Dezenas de famílias fugiram da cidade litorânea de Sirte, na Líbia, nessa segunda-feira (16), após dois dias de confrontos entre militantes do Estado Islâmico (EI) e combatentes leais ao governo, sediado na capital Trípoli.

Testemunhas relataram que famílias lotaram carros e seguiram em direção a Misrata, refúgio do grupo armado Amanhecer Líbio, que apoia o governo autoproclamado que controla Trípoli. Cerca de 20 carros retiraram funcionários de um hospital. Uma enfermeira que fugia de Sirte disse à Reuters ter sido aconselhada por seu supervisor a deixar a cidade por causa de confrontos iminentes.

A TV árabe Al-Arabiya disse em seu site que militantes do Estado Islâmico sequestraram funcionários de saúde em Sirte. A Reuters não pôde confirmar a informação.

Duas enfermeiras sérvias que viajavam com uma colega búlgara disseram ter visto militantes do EI enquanto deixavam Sirte, mas não foram paradas.

A Espanha disse que a União Europeia deveria considerar um embargo ao petróleo líbio e um congelamento de ativos do banco central do país caso fracassem as negociações mediadas pela Europa para resolver a crise.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.