Cristãos sofrem com novos ataques na Síria

Portas Abertas

Nesse último domingo (21), houve uma série de atentados nas cidades de Homs e Damasco, na Síria, que deixou 139 mortos, conforme o Observatório Sírio de Direitos Humanos. Segundo a ONG, só na cidade de Homs, ao menos 59 morreram e dezenas ficaram feridas; outros 80 não resistiram a uma série de explosões na capital síria. A ONG informou que os atentados foram realizados com dois veículos carregados de explosivos, no bairro Al Zahraa.

O Observatório não excluiu a possibilidade de que aumente o número de vítimas fatais entre as dezenas de feridos, vários dos quais estão em estado grave. Segundo a France Presse, ao menos 60 estabelecimentos comerciais ficaram destruídos e uma grande quantidade de veículos foi queimada. No dia 26 de janeiro, a mesma rua foi cenário de um duplo atentado realizado pelo Estado Islâmico, o primeiro com um carro-bomba, e o segundo por um suicida com um cinto de explosivos. A Síria sofre há quase cinco anos com um conflito que causou mais de 260 mil mortos, segundo o Observatório.

“Enquanto isso, a pressão sobre os cristãos sírios só aumenta, muitos estão fugindo para tentar salvar seus filhos, os voluntários estão exaustos e os líderes cristãos fazem de tudo para continuar com os trabalhos de evangelização, a fim de levarem mais algumas almas para Cristo. No momento, o que eles mais precisam é das nossas orações”, finaliza um dos analistas de perseguição da Missão Portas Abertas.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.