Cristãos são presos durante culto por “encontro ilegal” no Azerbaijão

Redação Rede Super*

Em uma aldeia do Azerbaijão, 26 pessoas foram detidas por policiais durante um culto, de acordo com informações da organização Portas Abertas. Estavam no culto – que era realizado na casa de um dos líderes – mais de 30 cristãos. Um grupo de 15 policiais chegou e exigiu que a reunião terminasse imediatamente, por se tratar de um “encontro ilegal” de acordo com as leis azeris.

Os policiais fizeram uma lista com todos os nomes dos fiéis, com dados de documentos, incluindo o passaporte. De todo o grupo, 26 pessoas foram levadas à delegacia, mas 22 foram liberadas após assinarem uma declaração.

Outras quatro pessoas continuam detidas: o pastor Azam* e sua esposa Halifa* e outros dois membros da igreja. Eles só serão liberados após o pagamento de uma multa no valor de 1.500 manats (moeda do Azerbaijão), o equivalente a R$ 3 mil, o que é considerado um valor muito alto no país.

O Azerbaijão ocupa a 34ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa do Portas Abertas tem o islamismo como religião oficial. Todas as atividades religiosas são controladas pelo governo e os cristãos sofrem severas punições por causa da fé em Jesus.

*Nomes alterados por motivos de segurança

_____

*Com informações da organização Portas Abertas


1 Comentário

  1. Giza

    Seguir a Cristo sempre vai ter perseguição…Assim como o próprio Jesus passou

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.