Cristãos presos por “protegerem cruz” são liberados na China

Portas Abertas

(Foto: Portas Abertas)

Três cristãos de Wenzhou, na província costeira de Zhejiang, foram libertados da prisão no início do mês, informou a Missão Portas Abertas. Eles foram detidos após impedirem a destruição de uma cruz que ficava na igreja em que congregam. Outros dois cristãos seguem detidos. Existem cerca de 425 notificações de demolições de igrejas na China e vários pedidos para remoção de cruzes de igrejas evangélicas e católicas.

A igreja dos cristãos recebeu uma notificação para retirar a cruz do local no dia 15 de agosto de 2014. Diante disso, líderes da igreja pediram que alguns de seus membros guardassem a cruz dia e noite. Ou Jinsi foi detido quando tentava impedir que um funcionário do governo destruísse o símbolo. Meses depois, Ji Qingcou e Ji Qingcao foram detidos quando tentavam negociar com os funcionários do governo. Os três, membros da Igreja Yazhong, foram acusados de “reunir multidão para perturbar a ordem pública” e “obstruir negócio oficial”.

Um membro da congregação conhecido como Lin disse à agência de notícia China Aid que os cristãos foram absolvidos de suas acusações e que eles se recusaram a assinar declarações de confissão ou pagar fiança, porque não se sentem culpados. “Durante todo o processo, o que o governo fez foi ilegal”, afirmou. “Temos vídeos que podem ser usados como prova. O governo não pode pressionar as igrejas assim. Nós até apresentamos uma petição às autoridades superiores; eles libertaram os detidos, como resultado de nossa solicitação. Nós, inclusive, contratamos advogados”.

Quando perguntado se os três cristãos planejavam processar o governo, Lin disse que eles ainda estão considerando a questão, mas que devem manter a situação como está se o governo não tomar quaisquer outras ações. Ele acrescentou que o governo não conseguiu remover a cruz.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.