Cristãos perseguidos encontram abrigo na Índia

Portas Abertas

Bandeira da ÍndiaDe acordo com informações do jornal indiano The Hindu, a Índia anunciou que vai conceder cidadania para imigrantes em situação irregular que fugiram da perseguição religiosa no Paquistão e em Bangladesh, desde que a data de entrada no país seja anterior ao dia 1º de janeiro de 2015. Entre os imigrantes estão os cristãos.

Segundo analistas, trata-se de um movimento muito significativo no campo da perseguição religiosa e que causará grande agitação no Paquistão e no Bangladesh, já que esses países são acusados abertamente de perseguir as minorias religiosas não-islâmicas.

O diário paquistanês “Amanhecer” noticiou que o principal alvo está sobre os hindus perseguidos, mas o fato de que outros religiosos, incluindo os cristãos, estejam incluídos também é, de fato, um ponto positivo.

“Embora o efeito seja a longo prazo, o primeiro passo já foi dado. Agora, as futuras vítimas de perseguição religiosa, no Paquistão e no Bangladesh, poderão optar por deixar seus países e ir embora para a Índia. Embora a situação dos cristãos indianos esteja bem longe do ideal, nada se compara com estes dois países”, conclui o periódico.

Apesar de cenário ‘aparentemente’ positivo às minorias, o país subiu substancialmente na Classificação da Perseguição Religiosa 2015, ocupando o 21º lugar em vez do 28º anunciado no ano passado.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.