Cristã secreta enfrenta pressão de autoridades no Turcomenistão

Redação Rede Super

Polícia do Turcomenistão multa líder cristãoMembro de uma igreja secreta no Turcomenistão, uma cristã, identificada, por motivos de segurança, com o nome fictício Khadisha Apa, foi pressionada por autoridades locais a fornecer informações sobre outros cristãos secretos no país. A informação é da Missão Portas Abertas.

Khadisha Apa é professora de ensino médio em uma escola pública localizada em um vilarejo no Turcomenistão. Recentemente, representantes do Serviço de Segurança Nacional se aproximaram dela solicitando informações dos cristãos que ela conhece no país. Eles deixaram claro que sabem do envolvimento da professora com a igreja local. Khadisha se recusou a dizer qualquer coisa a eles, alegando que não tinha informações.

No Turcomenistão, um dos países mais restritos ao evangelho do mundo, o governo se opõe a cada grupo que não consegue controlar e se posiciona, sobretudo, contra a religião. A polícia e o serviço secreto mantêm a Igreja sob forte vigilância.

_____

Com informações da Portas Abertas.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.