Cerca de 800 milhões de pessoas passam fome no mundo, afirma ONU

Na última sexta-feira (16), o secretário-geral das Nações Unidas Ban Ki-moon, em discurso, afirmou que aproximadamente 800 milhões de pessoas passam fome em todo o mundo. Ban Ki-moon também disse que conta com os esforços da cúpula internacional para acabar com esse mal até 2030. “A fome é mais do que falta de comida, é uma injustiça terrível. Cumprir a promessa da Agenda 2030 não será possível sem um rápido progresso rumo à erradicação da fome e da subnutrição”, afirmou o secretário-geral.

Desde 2000, o número de pessoas que passam fome caiu quase pela metade, segundo Ban Ki-moon, mas ainda há muito o que percorrer. “Ao mesmo tempo, num mundo onde um terço de toda comida produzida se perde ou é desperdiçado e onde produzimos o suficiente para alimentar a todos, quase 800 milhões ainda passam fome. Acabar com a fome é responsabilidade de todos”, concluiu.

Três cidades brasileiras firmam acordo para acabar com a fome

Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo e outras 97 cidades em todo mundo se comprometeram a ajudar na erradicação da fome. Para Graziano da Silva, diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, as cidades assumem papel essencial para acabar com a fome e melhorar a nutrição. Os princípios do acordo são: garantia de disponibilidade de comida saudável a todos; promoção da sustentabilidade no sistema alimentar; educação do público sobre alimentação saudável e redução de desperdícios.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.