Cerca de 1,4 milhão de crianças abandonaram suas casas por causa de ataques do Boko Haram

Com informações da ONU

Cerca de 1,4 milhão de crianças abandonaram suas casas por causa de ataques do Boko HaramUma criança precisa abandonar sua casa. Nessa fuga, ela pode ser fuzilada por terroristas ou sequestrada e encarregada de carregar bombas para um grupo extremista. Mas ela pode conseguir chegar a um campo de concentração. Nesse local, ela não tem segurança adequada e nem grande liberdade para se desenvolver como uma criança necessita. Esse é o atual estado de mais de 1,4 milhão de crianças nigerianas.

Com o aumento do número de ataques do grupo radical islâmico Boko Haram na Nigéria, cerca de meio milhão de crianças se deslocaram nos últimos cinco meses, alertou o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) na última semana.

O diretor regional da organização para a África Ocidental e Central, Manuel Fontaine, lamentou a atual situação das crianças e mulheres na Nigéria. “É verdadeiramente alarmante ver que crianças e mulheres continuam sendo mortas, sequestradas e usadas para carregarem bombas”, afirmou o diretor.

• Leia também: Boko Haram sequestra mais de 400 crianças e mulheres no norte da Nigéria
Boko Haram incendeia igrejas e mata 90 pessoas na fronteira com Camarões

No início do mês, o Boko Haram foi responsável por um bombardeio no campo de concentração Malkohi, no nordeste da Nigéria. Ao menos sete nigerianos morreram e outros 14 ficaram feridos. O campo Malkohi abriga cerca de 32 mil deslocados.

“Os deslocados internos estão entre os mais vulneráveis e, de acordo com os direitos humanos internacionais e a lei humanitária, eles têm que ser protegidos contra quaisquer ataques diretos e indiscriminados ou outros atos de violência contra eles ou seus campos ou instalações”, afirmou o relator especial da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos na Nigéria, Chaloka Beyani.

O que é o Boko Haram?

Boko Haram é um grupo terrorista de origem nigeriana. Suas ações são baseadas no fundamentalismo religioso de combate à influência ocidental e de implantação radical da lei islâmica, a sharia. O nome do grupo significa “a educação não islâmica é pecado”.

O principal objetivo do Boko Haram é combater a influência e o legado ocidental deixado na Nigéria e nos países vizinhos, como Camarões e Chade. O grupo terrorista utiliza o radicalismo, por meio da realização de atentados e sequestros, para realizar avanços territoriais.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.