Atos evangelísticos serão punidos por lei no Nepal

Portas Abertas

As tensões aumentam fortemente no Nepal depois que grupos radicais hinduístas declaram a proibição de missionários cristãos no país. De acordo com informações do Christian Post, a nova Constituição já foi inaugurada, depois de sete anos de discussões parlamentares.

“Enquanto há protestos contra a nova Constituição, as atividades cristãs correm o risco de tornarem-se todas ilegais. Além disso, existe um acordo entre o Nepal e a Índia que estabelece que ambos devem se tornar um Estado hindu. Se os países seguirem à risca, as emendas propostas podem tornar qualquer ato religioso como evangelístico, o que é punível por lei”, explica um dos analistas da Missão Portas Abertas.

O simples fato de tentar converter alguém ao cristianismo já é considerado pelas autoridades como um motivo de punição, já que a nação é composta de aproximadamente 80% de hindus. Até mesmo a promoção de eventos para ajudar os necessitados foi incluída como um ato de rebeldia contra o governo.

A comunidade cristã se preocupa com o futuro, já que encontra na Constituição um caminho para a cláusula de “anticonversão”. Se isso acontecer mesmo, o código penal vai permitir sentenças de prisão e multas pesadas para os “ofensores”. “Seguidores do cristianismo já sofrem há décadas com as desigualdades e a perseguição religiosa. Eles esperavam que a nova Constituição, que foi criada pela democracia laica, garantisse seus direitos e sua liberdade, mas parece que isto não vai acontecer tão cedo”, conclui o analista.


1 Comentário

  1. Estoy consternado Como se pierden Las almaa en Nepal…y lo due to pot que soy Missionario missions do en Brasil..

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.