Após atentado em Paris, França lança 20 bombas em reduto do Estado Islâmico na Síria

Em rápida resposta aos ataques do Estado Islâmico a Paris, que mataram 129 pessoas na sexta-feira (13), a França lançou um bombardeio sobre a cidade de Raqqa, base do Estado Islâmico, na Síria. Os ataques atingiram dois campos de treinamentos do EI e um depósito de armas, afirmou o ministro da Defesa francesa, Jean-Yves le Drian.

Em apenas uma hora, ocorreram ao menos 20 ataques aéreos a Raqqa, segundo informações do grupo ativista “Raqqa Está Sendo Massacrada Silenciosamente” (RBSS, na sigla em inglês).

Doze aviões partiram, simultaneamente, de bases aéreas na Jordânia e Emirados Árabes Unidos.

Estado Islâmico ataca Líbano e Iraque

Além do atentado a Paris, o Estado Islâmico reivindica a autoria dos atentados nas cidades de Bagdá, no Iraque, e Beirute, no Líbano.

O atentado suicida na cidade iraquiana aconteceu durante o funeral de um militante pró-governo. De acordo com a polícia local, 18 pessoas morreram e outras 41 ficaram feridas.

Já no Líbano, foram registrados dois ataques suicidas, que deixaram mais de 40 mortos e 230 feridos, segundo confirmou a Cruz Vermelha. As explosões ocorreram em frente a um local religioso xiita.


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.