Ex-jogador Procópio Cardoso conta testemunho

  • Nenhum comentário
  • Vídeos

Procópio perdeu o pai assassinado quando tinha 9 anos de idade. Aos 10, veio para o colégio interno (Colégio Batista). Ali aprendeu muito sobre a Palavra de Deus e nunca mais se desviou dela. Foi no colégio também que Procópio investiu no futebol e logo passou a jogar profissionalmente. No início, foi para o Atlético, mas como era muito longe os treinos, teve que parar e foi para o time Renascença e, de lá, chamou a atenção do Cruzeiro, depois São Paulo e a carreira deslanchou.

Com muita experiência, um dia Procópio sofreu uma contusão, onde passou 5 anos fazendo tratamentos e, para os médicos, a carreira de futebol tinha acabado. Nesse período, ele se formou em Educação Física. Aos 33 anos, triste por achar que era impossível o retorno aos gramados, tanto pela contusão, quanto pela idade, Deus fez o milagre e ele voltou para o Cruzeiro em grande estilo.

Em 81, encerrou a carreira como jogador, mas foi para a Arábia como treinador de vários times, permaneceu ali por 13 anos. Depois disso, foi treinador no Cruzeiro, Atlético, formador no América, entre tantos outros.

Confira: