[Índia] Extremistas islâmicos agridem cristãos

Bandeira da ÍndiaUm grupo de muçulmanos teria invadido a casa de Gaffar Shaike, onde havia 11 cristãos reunidos para um culto. Na mesma área, poucos dias antes, extremistas islâmicos expulsaram Rekha Khatoon da aldeia onde vivia, porque ele atribuiu uma cura a Jesus. Os pais do jovem ajudaram os extremistas.

Segundo o pastor Bashir Pal, fundador da igreja cristã na aldeia, sete muçulmanos, liderados por Mohammed Aanu Shaike, invadiram a casa de Gaffar e ordenaram que os cristãos interrompessem a reunião.

Gaffar disse que os extremistas chamaram os cristãos de pagãos, chutaram, bateram e os empurraram. A mulher de Gaffar também teria sido ameaçada.

“Perguntei aos radicais porque eles invadiram minha casa e porque eles não permitiam que nós orássemos em nossas próprias casas”, contou Gaffar, acrescentando que os extremistas estavam tão furiosos que continuaram agredindo e ameaçando os cristãos para tentar fazê-los voltar ao Islã. “Queremos apenas a nossa liberdade para adorar a Jesus em nossas próprias casas”, disse ele.

Uma multidão de cerca de 100 muçulmanos teria se reunido em frente à casa de Gaffar, gritando coros anticristãos e ameaçando matá-los enquanto os agrediam e os empurravam, para tentar intimidá-los.

Os radicais islâmicos têm condenado os cristãos à exclusão, proibindo que eles comprem ou vendam coisas na região e impedindo que eles tenham acesso à água. Os extremistas disseram aos comerciantes que eles não podem comercializar nada com os cristãos, senão sofrerão as consequências.

Assista ao vídeo “O poder de Deus operando na Índia” e outros vídeos sobre a Igreja Perseguida na página da Missão Portas Abertas no YouTube:

_____
_____

Fonte: Compass Direct
Tradução: Lucas Gregório
Extraído de: Missão Portas Abertas
Adaptação: redação REDE SUPER


 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.