Como a crise da pós-modernidade pode interferir no papel do homem na sociedade moderna?

  • Nenhum comentário
  • Vídeos

A crise da pós-modernidade alcançou o homem do século XXI e as constantes transformações dessa época, fizeram com que ele passasse por uma série de desconstruções. Cássio Miranda recebe o pastor Samuel Castro que explica os impactos dessa transformação e como isso pode interferir no papel do homem na sociedade moderna.

Veja também:
• “A justiça de Cristo não é baseada na punição ou na sanção, mas no diálogo”, diz professor sobre justiça restaurativa
• “Se bastando a fé para que as pessoas fossem curadas, nenhum crente morreria”, afirma pastor sobre como cristão deve lidar com enfermidades

Entre essas mudanças, Castro destaca o feminismo, o pastor afirma que “antes, qualquer pessoa de bom senso apoiaria as ideias, como o direito ao voto e a igualdade salarial. No entanto, a gente percebe com o decorrer do tempo que esse movimento se torna um discurso moral e ético, começando a tentar ditar os relacionamentos, indo para a esfera microscópica. O movimento feminista nasce para dar valor, voz e direito a mulher, mas depois acaba-se intrometendo em algumas outras esferas que não fazem parte da proposta inicial”.

Assista: