“Eles nos serviram um banquete com comidas que eles não têm”, relata missionário sobre hospitalidade em Uganda

O missionário Felipe Miranda integra o Ministério Gideões 24 Horas Diante do Senhor, da Igreja Batista da Lagoinha. Ele participou de uma viagem missionária a Uganda, na África, e conta como foi a experiência.

Natural de Belém (PA), ele afirma que sempre permitiu que Deus conduzisse os caminhos dele. Ele foi para Belo Horizonte (MG) cursar um seminário teológico, onde soube da viagem que seria realizada pelos gideões para Uganda. O missionário se sentiu atraído pela ideia de realizar missões no país africano, mas queria uma confirmação de Deus. Através de uma amiga, que sonhou que ele estava em um aeroporto partindo para uma viagem, ele entendeu que Deus gostaria, de fato, que ele participasse do trabalho. E, então, ele viajou com o ministério.

No país africano, ele teve a oportunidade de conhecer uma realidade de muita pobreza. Porém, apesar de toda as dificuldades que aquele povo enfrenta, ele viu pessoas felizes. “É uma alegria que contagia a gente”, conta.

Felipe relata que um dos momentos que mais marcou a viagem foi quando um grupo de ugandenses serviu comida aos missionários. “Eles nos serviram um banquete com comidas que eles não têm. Foi algo que abalou a equipe. Inevitável não ficarmos constrangidos”, lembra.

Assista à entrevista: