Preto no Branco é primeira banda gospel a alcançar 100 milhões de views em clipe na VEVO

Assessoria PNB

Clóvis Pinho - Ninguém explica DeusUm dos vídeos mais assistidos em 2016 na VEVO, o clipe de “Ninguém explica Deus“, da banda Preto no Branco, atingiu a marca de 100 milhões de visualizações nesta sexta-feira (19). Segundo a Sony Music, é a primeira vez que uma banda do segmento gospel atinge essa marca na plataforma de vídeos em todo o mundo.

No ano passado, o clipe dividiu o ranking dos dez mais assistidos na VEVO com trabalhos de artistas como Adele, Justin Bieber, Rihanna, entre outros internacionais. A música, de autoria de Clóvis Pinho, também foi a mais tocada nas rádios evangélicas de todo o Brasil, segundo a Crowley Broadcast Analysis, órgão que monitora as rádios do país. No clipe, Pinho interpreta a canção ao lado da cantora Gabriela Rocha.

“Sei que já faz um tempo que a gente vem se surpreendendo com a forma linda que Deus tem soprado essa canção, mas confesso que ainda não me acostumei”, disse Clóvis Pinho. O diretor do selo Balaio Music, que gerencia a banda, Alex Passos, também comemorou a marca. “É muita emoção. Eu sei da dificuldade que nós passamos com o Preto no Branco. Deus me colocou à frente desse projeto e eu fico muito feliz e honrado por atingirmos esse recorde mundial”, disse. “Eu agradeço muito a Deus, porque não somos merecedores disso. Não adianta essa música só chegar em números se ela não transformar a vida das pessoas. Que ela possa, realmente, fazer diferença na vida de todo mundo que escutar”.

Ouça a canção:


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.