Blog Super

Grupo missionário leva Evangelho para russos através do esporte durante Copa do Mundo

Por Abner Faustino
Com informações de Diário de Pernambuco

 

O amor ao esporte, mas, sobretudo, o amor ao ide de Deus impulsionou cerca de 20 jovens a atravessar o mundo para levar o Evangelho a russos. O ministério Champions, de Belo Horizonte (MG), que realiza missões em eventos esportivos, está, desde o início da Copa do Mundo 2018, realizando atividades recreativas na Rússia.

Grupo missionário leva Evangelho para russos através do esporte durante Copa do Mundo

Na Rússia, é proibido realizar atividades evangelísticas, por isso, grupo decidiu levar Evangelho através de esporte

 

No país-sede do Mundial, é proibido realizar evangelismos ao ar livre e realizar apelos em cultos. Pedro Bragança, de 22 anos, líder do Champions, explica as ideias do grupo na Rússia. “O evangelismo aqui é feito diferente. Nós não podemos falar de Jesus abertamente. Não podemos fazer apelos nem nos cultos. Isso é uma lei desde 2016”, releva Bragança. “Nós nos identificamos como cristãos, mas não somos permitidos a fazer o apelo. O nosso evangelismo é por meio do esporte”, completa.

Grupo missionário leva Evangelho para russos através do esporte durante Copa do Mundo

Vários jovens brasileiros dedicam seu tempo na Rússia para abençoar vidas

Pedro Bragança revela que o grupo de evangélicos foram bem recebidos no país. “A receptividade do público tem sido surpreendente e incrível. Quando a gente sai com a camisa do Brasil, o pessoal nos aborda para tirar foto. Os russos têm recebido cada um de nós de maneira maravilhosa. Estamos muito felizes”, diz.

 

Um outro grupo de cristãos, filiado à Jocum (Jovens com uma Missão), partirá de Recife para Moscou e Kazan no dia 1º de julho. 22 missionários ministrarão aulas de futebol para cerca 200 crianças e adolescentes em condição de orfandade.

 

Um dos líderes do grupo, João Victor Borba, de 20 anos, fala como irá acontecer o evangelismo no país. “Nosso propósito é claro: queremos transmitir o amor de Deus através do futebol dedicando tempo e atenção a quase 200 órfãos de Kazan e Moscou que moram em abrigos e orfanatos locais. É o que Jesus faria em nosso lugar”, disse ao Diário de Pernambuco. “O nosso tempo dedicado e a nossa generosidade com eles já vai comunicar a razão de estarmos lá. Nossos atos falarão por si só”, acrescenta.

 

O ex-jogador de futebol Akslley Bergsten Santos, de 27 anos, também fará parte da equipe da Jocum que realizará o projeto na Rússia. Ao Diário de Pernambuco, ele explica o motivo e como surgiu a ideia de realizar a obra missionária na Rússia. “Optamos por ir em julho, porque os olhos dos russos estão todos voltados para o maior evento de futebol do mundo, que estão sediando. Além disso, a Rússia é um país extremamente fechado para o cristianismo e, de um modo geral, as pessoas não podem falar de Jesus lá. Diante disso, creio que o futebol pode ser uma arma essencial para levarmos o amor de Cristo a eles”, diz.

 

A Copa do Mundo 2018 acontece entre os dias 14 de junho e 15 de julho em doze cidades da Rússia. 32 seleções, representando todos os continentes, estão disputando o torneio. De acordo com agências russas, são esperados mais de 1 milhão de turistas no país durante a competição. Segundo a Federação Internacional de Futebol (FIFA), mais de 2,4 milhões de ingressos para o Mundial foram comercializados. O Brasil aparece em terceiro na lista, com 72.000 ingressos comprados, atrás de Rússia, com 870.000 compras, e dos Estados Unidos, com 88.000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.