Blog Super

Conheça 5 filmes que todo cristão precisa assistir

Por Artur Vinícius

A representação de relatos bíblicos em produções cinematográficas já acontece há mais de um século. Produtos audiovisuais em formato curta e longa-metragem – que narram a história de Jesus ou da influência de Cristo na vida das pessoas – começaram a tomar conta das telonas ainda na era do cinema mudo.

Veja também:
• Saiba quais são as 5 melhores adaptações de histórias bíblicas para o cinema

Impulsionada pelo sucesso das produções dos Irmãos Lumière, a França foi o país pioneiro na cinegrafia de um filme cristão. Sem a possibilidade de usar o recurso da fala, a história de ‘A Vida e a Paixão de Jesus Cristo’ (1903) foi narrada em um compilado de gravuras bíblicas feitas pelo ilustrador Gustavo Doré.

Com direção de Ferdinand Zecca, o média-metragem foi dividido em três atos que apresentam a vida, a morte e a ressurreição de Jesus. Uma menção honrosa para um filme que todos deveriam assistir. Observação: como ele não possuía distribuidora na época, uma versão na íntegra e remasterizada está disponível em colorização no Youtube.

Mas, afinal, quais são os filmes que todo cinéfilo cristão precisa assistir? Segue a lista de cinco longas – sem ordenação estipulada pela qualidade – que estão esperando a sua visita.

1. ‘Paixão de Cristo’ (2004)

Um dos mais aclamados filmes bíblicos da história, ‘A Paixão de Cristo’ (2004) apresenta em sua narrativa as últimas doze horas da vida de Jesus. Dono da maior bilheteria que um longa cristão já recebeu – mais de U$600 milhões -, o filme abusa dos recursos de ‘flashbacks’ e é um dos mais fidedignos em relação aos relatos dos quatro evangelhos. Com direção de Mel Gibson, a maquiagem, o figurino e a direção de arte chamam atenção, mesmo sem o uso de um elenco conhecido pelo público. Só faltou levar uma das três estatuetas que concorreu na premiação do Oscar de 2005.

 

2. ‘O Fazendeiro e Deus’ (2006)

Baseado em um livro de nome homônimo grafado pelo escritor Angus Buchan, um dos evangelistas responsáveis por movimentos cristãos na África do Sul na década de 1990, o filme ‘O Fazendeiro e Deus’ (2006) traz a história em película biográfica do próprio autor sobre sua chegada ao país africano. Com uma fotografia de encher os olhos, o roteiro é amarrado em subtramas que envolvem o amadurecimento da fé cristã diante das tribulações e a crença em intervenções divinas para a resolução delas. Uma boa pedida para assistir em família.

 

3. ‘O Rei dos Reis’ (1961)

Não se engane com a data do filme, não estamos falando de uma produção qualquer realizada no final da Era de Ouro do cinema norte-americano. ‘O Rei dos Reis’ (1961) é simplesmente uma das melhores adaptações da história bíblica de Jesus Cristo. Se você é apaixonado por cinema e não se importa em aprofundar quase três horas dentro de uma produção audiovisual, esse é o seu filme. E, para completar, a locução do longa é feita por Orson Welles – diretor do clássico ‘Cidadão Kane’ (1941). Precisa de mais?

 

4. ‘Deus Não Está Morto’ (2014)

Imagine um estudante cristão matriculado em uma universidade declaradamente contrária a qualquer manifestação religosa. Para deixar ainda mais piegas, ele tem aulas de filosofia com um professor ateu. Essa miscelânea tinha tudo para dar errado, entretanto, foi base do roteiro do filme que recebeu as melhores notas dos críticos de cinema da IMDb. ‘Deus Não Está Morto’ (2014) foi responsável pela integração de católicos e evangélicos em movimentos sociais cristãos nos últimos anos. Dono de um orçamento pequeno – pouco mais de U$2 milhões -, o filme ajudou na promoção da banda Newboys – que gravou a trilha sonora do filme com canções originais. Se você notar uma semelhança no enredo com quadrinhos do Chick Tracts da década de 1970, você não está ficando doido. Sem dúvidas, uma boa pedida para assistir com os amigos.

5. ‘Cartas Para Deus’ (2010)

Apresentar filmes cristãos/religiosos com tramas de superação e afirmação de fé espiritual costumam ser a primeira proposta de plots utilizados por roteiristas. Agora, dramas familiares são bem incomuns no mercado cinematográfico recente. Narrando a história de um jovem que decide escrever cartas a um amigo – depois que descobre que está com câncer -, a carga dramática de ‘Cartas Para Deus’ (2010) se estabelece de maneira impecável ao longo dos três atos. O longa ainda foi um dos primeiros trabalhos do talentoso Tanner Maguire. Acho difícil você controlar os olhos marejados ao assistir.

 

Já assistiu algum dos filmes listados? Conhece outros que também deveriam entrar na lista? Comente aqui embaixo e tenha uma ótima sessão.

—–

Artur Vinícius é cinéfilo, desenvolvedor do projeto Cinema com o Brother e colaborador da Rede Super.
Facebook: Cinema com o Brother
Twitter: @arturvpcramos

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.