Blog Super

Confrajovem | Vinícius Zulato: “Tudo que entendemos no conceito da moral parte da compreensão da existência de Deus”

*Cobertura em conjunto Rede Super/Lagoinha.com

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Ao som de “Eu sou Teu”, “Maranata” e “Lugar Seguro”, entre outras canções, o ministério de louvor da Juventude Lagoinha sede deu início a mais uma reunião do ConfraJovem 2018, na manhã desta segunda-feira (30), levando os conferencistas a adorarem ao Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Na sequência, o pastor Adriano Pauli subiu ao altar para orar e fazer os conferencistas refletirem: “O que você vai fazer com todo esse fogo que está recebendo no Confrajovem? O que você vai fazer quando voltar para a sua realidade, para a sua cidade, para a sua igreja?”, desafiou.

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Os pastores Eduardo Queiroz e Vanessa Jaffar foram convidados ao altar para falarem sobre o livro “Cuidado, boquinha, com o que fala!”, que aborda a importância da comunicação no relacionamento.

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Em seguida, num bate-papo sobre “Como ser uma moça imparável?”, conduzido pela pastora Paty Barreto, a jovem Dani, líder do ministério de intercessão da Juventude Lagoinha, a empresária Taline, a cantora Letícia Brandão e a jornalista Sara Dias falaram sobre alguns desafios que elas enfrentaram e precisaram romper para conseguirem cumprir o chamado de Deus.

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

Após o bate-papo, o pastor Lucinho Barreto trouxe uma breve mensagem desafiando os conferencistas a tentarem, por exemplo, atuar em um ministério diferente, começar a estudar um idioma diferente, fazer uma atividade diferente. “Saia do Confra para fazer algo que você nunca fez, tentar algo novo. Você pode começar algo novo pra Deus, com Deus, hoje”.

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

No momento “Inspire”, a pastora Isa Coimbra, líder responsável pela Fábrica de Arte e o Ministério de Louvor da Lagoinha, abordou o tema “Imparáveis na arte”. “Nós somos chamados e capacitados para sermos imparáveis no solo fértil da criação de Deus”, disse. “Assim como Deus criou do nada, no princípio, e tudo que Ele criou se transformou, gerou vida, Ele espera que nós, também, possamos usar a arte, habilidade que Ele colocou em nós, pra transformar, ressignificar, denunciar, vender, socializar, evangelizar e, simplesmente, sermos, com a arte, condutores de toda uma sociedade.”

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

A Palavra ficou por conta do pastor Vinícius Zulato, que ministrou com base em Mateus 3.13-17;4.1-11. “Toda decisão que uma pessoa toma na sua história é baseada nas suas experiências de vida, nas suas convicções absolutas. Nenhuma decisão pode ser neutra”, disse. “Tudo que nós entendemos no conceito da ética, da moral, tudo que entendemos como valores sólidos para embasar a nossa vida parte da compreensão da existência de Deus. […] O cristianismo propõe para mim e pra você experiências e convicções pelas quais devemos nortear a nossa vida. Na verdade, o cristianismo propõe a única verdade absoluta e a única experiência real por meio da qual alguém pode, de fato, nortear a sua vida ou tomar decisões na história. […] Jesus é essa pessoa que viveu toda uma vida baseada no relacionamento com Deus, nas Suas experiências com Deus e na Palavra que o Pai plantou no Seu coração”, ressaltou.

Foto: Comunicação Lagoinha

Foto: Comunicação Lagoinha

A reunião foi encerrada com um momento de adoração, ao som da canção “O que Tua glória fez comigo”, e, por fim, com uma oração do pastor Lucinho Barreto: “Pai, nós Te agradecemos nesta manhã e queremos viver uma vida da Tua Palavra. Se não fosse a Tua Palavra, o sofrimento já teria consumido a nossa alma. É por essa Palavra que nós vamos lançar as redes”.

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.