A maioria dos pais não aprova intervenção do Estado na criação de filhos, diz pesquisa

  • Nenhum comentário
  • Vídeos

Uma pesquisa Minas no Brasil de 2018 mostra que a maioria dos mineiros avalia que não é competência do poder público intervir e ditar regras de como os pais devem educar filhos dentro de casa.

Para comentar sobre o assunto, o programa DE TUDO UM POUCO recebe a psicóloga Roneida Gontijo, a pastora Andrea Lacerda e o apresentador Tio Uli. Segundo os entrevistados, o Governo deve promover modos de favorecer a boa estrutura familiar, mas não deve interferir na forma de criação dos filhos, que é uma responsabilidade dos pais. Eles pontuaram que os pais devem conhecer os filhos e passar mais tempo com eles, para que a disciplina seja aplicada de forma correta.

Veja também:
• Alergia: 2,2% das crianças apresentam rejeição ao leite de vaca nos primeiros anos de vida
• Piolhos: aprenda a acabar com o problema

Assista: